Jean Flandrin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean Flandrin
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais

Título

Cardeal-bispo de Sabina
Ordenação e nomeação
Ordenação episcopal 18 de dezembro de 1379
Nomeado arcebispo 20 de maio de 1379
Cardinalato
Criação 17 de outubro de 1390, pelo Antipapa Clemente VII
Brasão
External Ornaments of a Cardinal Archbishop.svg
Dados pessoais
Nascimento Reino da França Ardèche[1]
Depois de 1301
Morte Siñal d'Aragón.svg Peñíscola
8 de julho de 1415
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Jean Flandrin (depois de 1301 - 8 de julho de 1415) foi um cardeal francês, Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele foi proposto bispo para a Sé de Carpentras em 1371, mas não foi eleito. Foi eleito arcebispo de Arles pelo antipapa Clemente VII em 24 de janeiro de 1379, mas a promoção não teve efeito. Então, foi eleito Arcebispo de Auch em 20 de maio de 1379, ocupando a Sé até sua promoção. Foi consagrado em 18 de dezembro de 1379, pelo cardeal Angelic de Grimoard, C.R.S.A.[2] Ele publicou os estatutos da arquidiocese em 1383.[1]

Foi criado pseudocardeal-presbítero no consistório de 17 de outubro de 1390, entrou na Cúria de Avinhão em 17 de junho de 1391 e pouco tempo depois recebeu o título de Santos João e Paulo.[1] Presente na morte do antipapa Clemente VII em 16 de setembro 1394. Ele foi um dos poucos pseudocardeais que permaneceram com o Antipapa Bento XIII em setembro de 1398.[1]

Passa para a ordem dos cardeais-bispos e recebe a sé suburbicária de Sabina em 13 de junho de 1405. Torna-se decano do Colégio dos Cardeais em junho de 1409. Ele permaneceu leal ao antipapa, até seu último dia.[1]

Morreu em 8 de julho de 1415, talvez em Peñíscola, no Reino de Aragão. Foi sepultado na igreja de Saint-Laurent, Viviers, pois tinha começado a construção dessa igreja em 1381. O edifício foi destruído pelos protestantes no século XVI, seu túmulo foi recuperado das ruínas em 1880, durante a construção da atual igreja.[1].

Conclaves[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. Catholic Hierarchy

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Jean de Cardaillac
External Ornaments of an Archbishop.svg
Arcebispo de Auch

13791390
Sucedido por
Pierre d’Anglade, O.P.
Precedido por
Gautier Gomez
Cardeal
Pseudocardeal-presbítero de Santos João e Paulo

13911405
Sucedido por
Tommaso Brancaccio
Precedido por
Francesco Carbone, O. Cist.
Cardeal
Cardeal-bispo de Sabina

14051415
em oposição a Enrico Minutoli,
de obediência romana.
Sucedido por
Pedro Fernández de Frías
Precedido por
Guy de Malesec
Cardeal
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais
Obediência avinhonesa

14091415
Sucedido por
Angelo Correr, com o fim do Cisma
Julián Lobera y Valtierra (apenas em Peñíscola)