Jean Kilbourne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean Kilbourne
Nascimento 4 de janeiro de 1943 (76 anos)
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade de Boston, Wellesley College
Ocupação escritora
Prêmios National Women’s Hall of Fame

Jean Kilbourne (nascida em 4 de janeiro de 1943) é uma escritora, palestrante e cineasta reconhecida internacionalmente por seu trabalho sobre a imagem da mulher na publicidade e seus estudos críticos sobre propagandas de álcool e tabaco.[1] Ela também é reconhecida por ter introduzido a ideia de "alfabetização midiática" como uma forma de evitar problemas associados segundo ela a campanhas de publicidade.[2] Sobre essas temáticas, realizou a série de documentários Killing Us Softly.[3]

Ela fez pós-graduação em Wellesley College e tem um doutorado em educação pela Universidade de Boston, bem como um doutorado honorário da Westfield State College.

Biografia e vida acadêmica[editar | editar código-fonte]

No final da década de 1960, Jean Kilbourne começou sua investigação da ligação entre a publicidade e questões de saúde pública,[4] incluindo violência contra as mulheres, transtornos alimentares[5] e o vício,[6] e lançou um movimento para promover a alfabetização midiática como uma forma de evitar esses problemas. Uma ideia radical e original no momento, essa abordagem agora é consagrada.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

O trabalho de Kilbourne vincula o poder das imagens nos meios de comunicação com problemas de saúde pública atuais, tais como os transtornos alimentares, a violência e o vício em drogas e álcool.[7] Formulou expressões como "tirania da beleza ideal", a ligação entre a coisificação das mulheres e a violência e os temas de libertação e de controle de peso explorados na publicidade de tabaco destinadas às mulheres.

Documentários[editar | editar código-fonte]

Filmografia completa:[8]

  • Killing Us Softly 4: Advertising’s Image of Women (2010)
  • Deadly Persuasion: Advertising & Addiction (2004)
  • Spin the Bottle: Sex, Lies, & Alcohol (2004)
  • Killing Us Softly 3: Advertising’s Image of Women (2000)
  • The End of Education (with Neil Postman, 1996)
  • Slim Hopes: Advertising & the Obsession with Thinness (1995)
  • Sexual Harassment: Building Awareness on Campus (1995)
  • The Killing Screens: Media and the Culture of Violence (com George Gerbner) (1994)
  • Pack of Lies: The Advertising of Tobacco (1992)
  • Advertising Alcohol: Calling the Shots (2nd Edition) (1991) (Red Ribbon, American Film and Video Festival)
  • Still Killing Us Softly: Advertising’s Image of Women (1987) (National Council on Family Relations Film Festival, First Place; National Educational Film and Video Festival, Vencedor; Chicagoland Educational Film Festival, Primeira posição, Consumer Education)
  • Calling the Shots: Advertising Alcohol (1982)
  • Killing Us Softly: Advertising’s Image of Women (1979) (North American Consumer Film Festival, Vencedor)

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Kilbourne, Jean; Levin, Diane E. (2008). So sexy so soon: the new sexualized childhood, and what parents can do to protect their kids. New York: Ballantine Books. ISBN 9780345505071 
  • Kilbourne, Jean (2000). Can't buy my love: how advertising changes the way we think and feel. New York: Simon & Schuster. ISBN 9780684866000 

Prêmios e distinções[editar | editar código-fonte]

Ela recebeu duas vezes o Prêmio de Palestrante do Ano da National Association for Campus Activities e já foi chamada uma das três palestrantes mais populares pelo New York Times Magazine. Ela foi perfilada em Feministas Que Mudaram a América 1963-1975.[1] [9]:13

Referências

  1. Dee, Juliet (1996), «Jean Kilbourne», in: Signorielli, Nancy, Women in communication: a biographical sourcebook, ISBN 9780313291647, Westport, Conn: Greenwood Press, pp. 236–242 
  2. «Home page». jeankilbourne.com 
  3. «Home page». mediaed.org 
  4. «Telemedium, 1998» (PDF). Arquivado do original (PDF) em 29 de abril de 2016 
  5. Kilbourne, Jean (1994), «Still killing us softly: advertising and the obsession with thinness», Feminist perspectives on eating disorders, ISBN 9781572301825, New York: Guilford Press, pp. 395–418 
  6. Kilbourne, Jean (1991), «The spirit of the Czar: selling addictions to women», in: Roth, Paula, Alcohol and drugs are women's issues, ISBN 9780810823600, Metuchen, New Jersey: Women's Action Alliance Scarecrow Press, pp. 10–22 
  7. «Tribute to Jean Kilbourne (blog)». lifeaftercigarettes.com 
  8. «Films». cambridgedocumentaryfilms.org 
  9. Pipher, Mary (2000), «Foreword», in: Kilbourne, Jean, Can't buy my love: how advertising changes the way we think and feel, ISBN 9780684866000, New York: Simon & Schuster, pp. 11–16