Jean Stafford

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jean Stafford
Data de nascimento 1 de julho de 1915
Local de nascimento Califórnia, Estados Unidos da América
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Data de morte 26 de março de 1979 (63 anos)
Local de morte Nova Iorque, Estados Unidos da América
Ocupação Escritora
Magnum opus The Collected Stories of Jean Stafford
Prémios Prémio Pulitzer de Ficção (1970)

Jean Stafford (1 de julho de 191526 de março de 1979) foi uma escritora de contos e romancista estadunidense, que ganhou o Prémio Pulitzer de Ficção por The Collected Stories of Jean Stafford (1970).

Ela nasceu na Califórnia. Seu primeiro livro, Boston Adventure, foi um best-seller, garantindo-lhe reconhecimento nacional. Embora tenha escrito mais dois romances, seus contos foram considerados suas melhores obras, tendo sido publicados pelo The New Yorker e por várias outras revistas literárias. Entre 1964 e 1965, Stafford estudou no Centro de Estudos Avançados da Universidade Wesleyan[1] .

A vida pessoal de Jean Stafford foi marcada por infelicidade. Seu primeiro casamento, com o brilhante mas mentalmente instável poeta Robert Lowell, deixou-a com cicatrizes físicas e emocionais. Ela se feriu gravemente em um acidente de carro dirigido por Lowell, um trauma que ela descreveu em um de seus contos mais conhecidos, The Interior Castle, e o desfiguramente que ela sofreu como resultado do acidente foi uma reviravolta em sua vida. Seu segundo casamento, com o fotógrafo da revista Life Oliver Jensen, também terminou em divórcio. Ela teve um breve período de felicidade doméstica com seu terceiro marido, o jornalista A. J. Liebling. Após a morte dele, Stafford parou de escrever.

Vítima de depressão e de alcoolismo, Stafford faleceu de parada cardiorrespiratória aos sessenta e três anos, em White Plains, Nova Iorque.

Algumas obras[editar | editar código-fonte]

Referências