Jejes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jeje)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a língua falada em Gana e Togo, veja Língua ewe. Para o candomblé, veja Candomblé jeje.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jejes
População total
Regiões com população significativa
Benim[1]
Línguas
Religiões

Os jejes ou daomeanos[2] são um povo africano que habita o Togo, Gana, Benim[3] e regiões vizinhas, representado, no contingente de escravos trazidos para o Brasil, pelos povos denominados fon, éwé, mina, fanti e ashanti. O apogeu desse tráfico foi durante o século XVIII, durando até 1815, no chamado "Ciclo da Costa da Mina" ou "Ciclo de Benim e Daomé".[4]

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 986.
  2. BUENO, E. Brasil: uma história. 2ª edição. São Paulo. Ática. 2003. p. 115.
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 986.
  4. BUENO, E. Brasil: uma história. 2ª edição. São Paulo. Ática. 2003. p. 115.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.