Jennie Jerome

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Retrato por John Singer Sargent.

Jennie Jerome (Cobble Hill, Nova Iorque, 9 de janeiro de 1854Londres, 9 de junho de 1921) foi uma socialite estadunidense, filha de Leonard Jerome, um acionista multimilionário de Nova Iorque.

É mais conhecida por ter sido a mãe do ex-primeiro-ministro britânico Sir Winston Churchill.

Sua irmã acreditava que o pai de seu segundo filho, John, irmão de Churchill, não era o marido dela, senão que o visconde de Falmouth (Evelyn Boscawen). Acredita-se que Jennie tenha tido muitos outros amantes durante seu casamento. Entre eles, Karl Kinsky, o rei da Inglaterra Henrique VII, o rei Milan I da Sérvia e o filho mais velho do ex-chanceler alemão Otto Von Bismarck, Herbert.  Quando o pai de Churchill morreu, em 1900, ela se "casou" com George Cornwallis-West, capitão das Guardas Escocesas e que tinha, à época, a mesma idade que seu filho mais velho Winston. Em 1918, já divorciada, se "casou" de novo, desta vez, com Montagu Phippen Porch, funcionário civil do Império Britânico na Nigéria e três anos mais novo do que Churchill.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Jennie Jerome
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.