Jequiti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jequiti
Razão social SS Comércio de Cosméticos e Produtos de Higiene Pessoal Ltda.
Subsidiária
Slogan Sonha que dá
Indústria Cosméticos
Fundação 6 de outubro de 2006 (2006-10-06)
Fundador(es) Íris Abravanel

Silvio Santos

Sede Osasco, SP, Brasil
Proprietário(s) Silvio Santos
Empregados 7.000
Empresa-mãe Grupo Silvio Santos
Lucro R$ 415 milhões
Faturamento Aumento R$ 6,2 bilhão (2013)
Website oficial jequiti.com.br
  • Notas de rodapé / referências
  • [1][2]

A Jequiti é uma empresa brasileira de cosméticos fundada pela empresária Íris Abravanel, que pertencente ao conglomerado de empresas do Grupo Silvio Santos.

História[editar | editar código-fonte]

A Jequiti foi lançada em outubro de 2006. A lista de produtos da marca conta com diversas linhas desenvolvidas para banho, corpo, rosto e cabelos, além de perfumes desenvolvidos com matérias-primas do laboratório francês Monique Remy. A comercialização das linhas é feita através de venda direta por consultores de todo o País localizáveis através da própria página da Jequiti na internet.[3] A Jequiti possui consultores em praticamente todos os municípios do País.[3]

O nome Jequiti foi inspirado na palavra jequitibá.[4]

A marca em números atuais[editar | editar código-fonte]

A Jequiti faturou R$ 200 milhões em 2013, tendo crescido 13% em relação a 2012. A empresa encerrou 2012 com 190 mil consultores.

Divulgação na mídia[editar | editar código-fonte]

O SBT já transmitiu um programa de televisão dedicado aos produtos Jequiti chamado Ganhe mais Dinheiro com Jequiti apresentado por Patrícia Salvador. Exibido aos domingos entre 8h30 e 9h, saiu do ar em maio de 2011.[5]

Desde setembro de 2008, o SBT transmite o programa Roda a Roda Jequiti em que os clientes e consultores da marca sorteados podem ganhar prêmios. O programa é apresentado por Rebeca Abravanel e já foi apresentado por Patrícia Abravanel[6] e por Luís Ricardo bem como ocasionalmente por Silvio Santos – o qual já foi o seu único apresentador, mas passou a apresentação à frente.

O programa é exibido de domingo a sexta.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de agosto de 2012, o Conar acatou a denúncia de plágio movido pela empresa de cosméticos Natura sobre um produto da Jequiti. Segundo a Natura, a sua linha Humor é idêntica ao Comix bem como visa o mesmo tipo de consumidores.[7] Meses depois, no dia 1 de novembro de 2012, o Conar voltou atrás, absolveu a Jequiti e arquivou o processo.[8]

Referências

  1. Julio Wiziack (11 de maio de 2014). «Jequiti se torna a 2ª maior fonte de receita do Grupo Silvio Santos». Mercado. Folha de S.Paulo. Consultado em 21 de setembro de 2017. 
  2. «Jequiti vai às origens para renovar sua marca». Época Negócios. 18 de setembro de 2017. Consultado em 21 de setembro de 2017. 
  3. a b Rayane Marcolino (1 de setembro de 2010). «Jequiti consolida negócios apostando em suas consultoras». Portal Exame. Consultado em 20 de setembro de 2010. 
  4. http://www.jequiti.com.br/a-jequiti/institucional/
  5. SBT cancela "Ganhe Mais Dinheiro com Jequiti", de Patrícia Salvador Natelinha (12/05/2011). Página visitada em 2 de agosto de 2012
  6. http://www.sbt.com.br/rodaaroda/programa/
  7. «Natura acusa Jequiti de plágio». UOL. AdNews. 21 de agosto de 2012. Consultado em 13 de outubro de 2012. 
  8. «Conar recua e absolve Jequiti de plágio – Meio & Mensagem». www.meioemensagem.com.br. Consultado em 24 de agosto de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]