Jerônimo de Cárdia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Jerônimo de Cárdia foi um historiador grego.

Segundo Pausânias, Jerônimo era parcial, e contrário a todos os reis exceto Antígono, por quem ele era muito favorável.[1] Jerônimo relatou que Lisímaco, quando ocupou o Epiro, durante a ausência de Pirro, destruiu os túmulos reais e espalhou os ossos dos mortos; mas Pausânias não acredita nisso, e o motivo é que os epirotas eram ancestrais de Alexandre e, mais tarde, Lisímaco e Pirro se aliaram, mostrando que não eram inimigos irreconciliáveis.[1] Ainda segundo Pausânias, o motivo da raiva de Jerônimo contra Lisímaco foi que ele destruiu a cidade dos cárdios, fundando Lisimáquia em seu lugar, no Quersoneso da Trácia.[1]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.