Jerome Horwitz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jerome Horwitz
Nascimento 16 de janeiro de 1919
Detroit
Morte 6 de setembro de 2012 (93 anos)
Bloomfield Township
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade de Michigan, Universidade Northwestern
Ocupação químico, professor universitário
Empregador Wayne State University

Jerime P. Horwitz (16 de janeiro de 19196 de setembro de 2012[1]) foi um cientista americano.

Horwitz sintetizou o AZT pela primeira vez em 1964 como esperança para o tratamento do câncer. Posteriormente o AZT transformou-se numa droga antiviral. Foi o primeiro fármaco aprovado para o tratamento da AIDS.[2][3]

Também sintetizou outras drogas anti-HIV como a estavudina e a zalcitabina.[4]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.