J Sutta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jessica Sutta)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jessica Sutta
Jessica Sutta em 2011.
Nome completo Jessica Lynn Sutta
Conhecido(a) por Jessica Sutta
Nascimento 15 de maio de 1982 (37 anos)
Nacionalidade norte-americana
Ocupação
Carreira musical
Período musical 2001–presente
Gênero(s)
Instrumento(s) Vocal
Gravadora(s)
Afiliações
Página oficial
JessicaSuttaOnline.com

Jessica Lynn Sutta (Miami, 15 de maio de 1982) é uma cantora, compositora, dançarina, atriz, apresentadora e empresária estadunidense. Em 2005 ficou conhecida mundialmente por integrar o grupo burlesco feminino de música pop e R&B The Pussycat Dolls, onde lançou dois álbuns de estúdio e doze singles oficiais, alcançando boas posições na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos e vendendo cerca de 9 milhões de cópias. Em 29 de janeiro de 2010 anunciou através de uma entrevista à E!Online, que estava deixando o grupo depois de várias divergências, junto com outras integrantes, com Nicole Scherzinger. Na ocasião a cantora declarou que foi mandada para casa em meio à turnê depois de lesionar a costela, porém não tinha para onde ir,[1] denunciando também o tratamento de Nicole Scherzinger as outras integrantes, que chegava a controlar até mesmo o tempo em que as câmeras filmavam Jessica e as outras cantoras nos videoclipes.[1][2]

Em carreira solo, iniciou a fase em 2007, quando foi convidada pelo produtor e cantor Dave Audé para gravar uma canção, "Make It Last", lançada como single no mesmo ano, onde alcançou a primeira posição na Billboard Dance Club Play. No mesmo ano a cantora lança o segundo single como artista participante, "White Lies", para o álbum do DJ Paul van Dyk, alcançando a terceira posição no Billboard Dance Club Play, a oitava no Canadá, a trigésima oitava na Alemanha e a quatorze na Austria. Em 2010 funda sua própria gravadora independente, a Pinup Angel Productions, para lançar seu primeiro single solo oficial, intitulado "I Wanna Be Bad", composto pela cantora e produzida por Tearce Kizzo, conhecido pelos trabalhos com Eva Simons.

A canção não teve um bom desempenho, falhando ao alcançar alguma posição nos Estados Unidos, apenas entrando para a posição sessenta e cinco no IFPI Slovenská Republika, na Eslováquia.[3] Em 2011 assina com a Hollywood Records,[4] gravadora conhecida por ser o lar de artistas como Demi Lovato, Selena Gomez, Miley Cyrus e Hilary Duff. Em 23 de agosto lança a canção "Show Me", primeiro single pela nova gravadora, que alcançou a primeira posição da Billboard Dance/Club Songs, e passando a trabalhar em seu álbum de estreia, anunciado como Sutta Pop.[5] Em 2013 lançou os singles "Again'' com a participação do DJ Kemal Golden e ''Lights Out''. Em 2014 Jessica Sutta adotou um novo visual e anunciou que estava trabalhando em um novo álbum "I Say Yes" que está para ser lançado em 2016.[6]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sutta nasceu em Miami, Flórida, em 15 de maio de 1982. Sua mãe é descendente de irlandeses e de fé católica e seu pai é judeu (de origem russa, romena e polonesa). Ela cresceu em Cutler Bay, Flórida, com dois irmãos mais velhos, Billy e Kevin. Ela começou as aulas de dança com a idade de três anos. Ela era uma modelo infantil em um catálogo de roupas de dança em Miami, chamada Star Style. Sutta estudou dança no Miami City Ballet em Miami Beach, Flórida. Na New World School of the Arts, ela estudou dança.[7] Ela fraturou o Ligamento cruzado anterior em ambos os joelhos e mudou para estudos de teatro, antes de voltar a dançar.[7] Ela tornou-se Animadora de torcida na NBA do Miami Heat em 1999 e tornou-se capitã em 2001.[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2003–10: Carreira com o Pussycat Dolls[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Pussycat Dolls

Em 2003, ela se mudou para Los Angeles e três meses depois participou de um teste de dança para um PSA envolvendo Smokey Bear, quando chamou a atenção da coreógrafa Robin Antin , que a contratou para as Pussycat Dolls em 2003.

A partir do momento em que Sutta se juntou às Pussycat Dolls, ela diz: "Aqui é onde eu sempre quis estar. Achei que as Pussycat Dolls eram geniais. Sou muito abençoada por fazer parte desse grupo".[7] Sutta cantou vocais secundários juntamente com Carmit Bachar e Ashley Roberts no no Lado B do single "Stickwitu", "Santa Baby". Após a saída de Bachar do grupo, Sutta pegou as partes que Bachar costumava cantar e co-lidera com Melody. Para o segundo álbum de estúdio das Dolls, Doll Domination, Sutta co-liderou nas canções "Top of the World" e "Painted Windows". Ela também gravou uma música solo, "If I Was a Man". A música é produzida por Smidi, Stefanie Ridel .

Durante o hiato das Pussycat Dolls em 2007, Sutta apareceu em duas faixas, "Make It Last" e "White Lies". Ambos conseguiram liderar na parada da Hot Dance Club Play, alcançando os três primeiros lugares, enquanto "White Lies" foi bem sucedido na Europa. Isso fez de Sutta o segundo artista a ter dois singles no top 10 do Club Play. "White Lies" alcançou a posição número 1 durante quatro semanas na Hot Dance Singles Sales da Billboard.[8]

Em 29 de janeiro de 2010, Sutta revelou que ela havia decidido deixar o grupo. Em uma entrevista para a E! Online Sutta revelou que quebrou uma costela durante uma turnê com o grupo e a equipe do grupo falhou em fornecer apoio, então a cantora "quase sem-teto" teve que ficar no sofá de um amigo enquanto se recuperava de uma costela quebrada.[9] Na revista Life & Style, ela afirmou: "Basicamente senti-me como nada além de uma glorificada dançarina de apoio depois de sete anos com o grupo. Eu não estava me sentindo como se estivesse crescendo na situação. teve que chegar ao ponto de quebrar minha costela é o que me fez ultrapassar a borda."[10] Sutta disse ao MTV News que ela teve a bênção das Dolls para deixar a banda. "Elas realmente me apoiaram. Foi uma grande decisão, mas foi a melhor decisão." Ela também disse que ela pode ser uma mulher própria.

2009–13: Carreira solo, participações e Sutta Pop[editar | editar código-fonte]

Sutta atendendo ao "Susan G. Komen's 8th Annual Fashion For The Cuth" em setembro de 2009.

Em 19 de setembro de 2010, ela lançou seu primeiro single solo, "I Wanna Be Bad", que ela escreveu e produziu com Tearce Keaz.[11] Em 24 de setembro de 2010, ela estreou a música no bar do West Hollywood Gay, Here Lounge.[12][13] Em 18 de outubro de 2010, o videoclipe do single dirigido por Frank E. Flowers, estreou no Radar Online.[14][15] Em 26 de dezembro de 2010, ela estreou e tocou duas novas faixas intituladas "Good Boy" e "Jack in the Box", no jogo Dolphins vs. Lions no Sun Life Stadium em Miami, Flórida.[16][17] Em 3 de março de 2011, ela revelou uma colaboração com o DJ Erick Morillo em uma faixa intitulada "Pin-up Girl".[18] A canção foi escrita por VASSY & Jamie Hartman,[19] e produzida por Morillo, Harry Romero e José Nunez. Ele também apresenta o rapper americano Stone Wallace. Em 27 de março de 2011, ela cantou ao lado de Wallace e Morillo no Ultra Music Festival.[20]


Cedric Gervai, "Where Ever U Are".[21] que apresenta Sutta foi lançado em 2 de agosto de 2011[22] e aparece no álbum de Gervais, Miamication.[23] Em 3 de junho de 2011, ela anunciou no Twitter que assinou com a Hollywood Records, lar de vários artistas da Disney.[24] O primeiro single de Sutta, "Show Me", estreou no programa Idolator em 3 de agosto de 2011.[25] O vídeo estreou no sábado, 6 de agosto, na ABC Family.[26] Depois disso, a música ficou disponível digitalmente em 23 de agosto.[27] A música alcançou o primeiro lugar nas músicas do Hot Dance Club nos Estados Unidos, tornando-se o primeiro single número um de Sutta como artista solo.[28] Ela está atualmente trabalhando em seu primeiro álbum solo, Sutta Pop, que nunca foi lançado.[29][30]

Em 2012, ela se apresentou em várias corporações e outros locais de desempenho, obtendo aclamação da crítica por seu desempenho na Halsted Market Days de Chicago.[31] Em junho de 2012, Sutta revelou ao The Morning Show que ela estava trabalhando com RedOne em seu próximo álbum.[32] Em 5 de agosto de 2012, Sutta anunciou que estava planejando lançar, "Make It Loud", como seu segundo single em setembro do mesmo ano. No entanto, o single não foi lançado.[33] Em 6 de outubro de 2012, Sutta revelou no Ustream que ela não estava mais trabalhando com a RedOne e havia deixado a Hollywood Records.[34] Em 13 de dezembro de 2012, Sutta revelou que lançaria novas músicas no início de 2013.[35]

Em fevereiro de 2013, Sutta anunciou o lançamento de seu novo single chamado "Again" em março. Foi lançado em 26 de março pela Citrusonic Stereophonic. "Again" alcançou o número 4 nas músicas do Hot Dance Club nos Estados Unidos.[36] A música recebeu elogios dos fãs e da mídia, enquanto a Billboard Magazine chamou "Again" um próximo passo intrigante. O terceiro single promocional "Lights Out" foi lançado pela Citrusonic Stereophoic em 20 de agosto, com um brilhante e escuro vídeo lírico.[37] Mais tarde, chegou ao número 3 nas músicas do Hot Dance Club nos Estados Unidos.

2016–presente: Mixtape e I Say Yes[editar | editar código-fonte]

Sutta continuou a colocar vários singles e permanecer ativo ao longo de 2014-2015 e alcançou o topo dos Hot Dance Charts mais uma vez como um artista de destaque no cover de Dave Aude de "Gonna Get U". Em fevereiro de 2016, ela lançou o que provavelmente foi seu single mais bem-sucedido, intitulado "Forever". A música foi lançada nacionalmente e Sutta foi a artista #1 Independente por 4 semanas consecutivas no Top 40 Radio Chart alcançando #56 e #57 nas rádios rítmica. No mesmo ano, Sutta lançou seu álbum Feline Resurrection, composto de faixas de seu primeiro álbum oficial, I Say Yes, pela Premier League Music. Ela lançou uma nova música da mixtape para download gratuito toda sexta-feira de 8 de abril a 9 de junho de 2016, começando com a primeira faixa "I Tried".[38]

"Forever" estreou em mais de 15 meios de comunicação internacionalmente incluindo Bustle,[39] Idolator, The Sun (U.K.), Galore,[40] EDM Sauce,[41] Fox News Magazine, Perez Hilton,[42] EDM Tunes[43] e mais. O single também foi destaque na playlist 'Weekend Buzz' do Spotify e no iTunes 'Top Track This Week' no Pop. O vídeo do single[44] foi lançado exclusivamente na página inicial do VEVO em 21 de março de 2016 e atingiu 1,17 milhões de visualizações nas primeiras duas semanas. O remix "Forever" traz o rapper Meek Mill em seu próximo álbum solo, I Say Yes, que estreou em 3 de março de 2017.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Jessica Sutta
Ver artigo principal: Discografia de The Pussycat Dolls

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título[45] Personagem
2001 Bully Blonde
2002 Ocean Ave. Jody Starr
2003 From Justin to Kelly Garota do bracelete
Bad Boys II Prostituta
2009 The Truth About Angels Ela mesma
2011 SoBe Real

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título[45] Personagem Nota
2007 Identity Ela mesma 1 programa
2008 Pussycat Dolls Present: Girlicious Ela mesma / Apresentadora
E! True Hollywood Story Ela mesma 1 programa
2010 The Search For Shangela's Best Dance Crew Ela mesma 1 programa

Referências

  1. a b «Fim das Pussycat Dolls?». Deivson Prescovia e E!Online, através do YouTube. Consultado em 29 de Janeiro de 2010 
  2. «Former Pussycat Doll Jessica Sutta». Consultado em 31 de Janeiro de 2010 
  3. «I Wanna be Bad on Slovenská». IIFPI Slovenská Republika. Consultado em 18 de dezembro de 2010 
  4. Jessica Sutta fecha contrato com gravadora Hollywood Records[ligação inativa] About PCD
  5. «wherever you are». 21 de maio de 2010. Consultado em 21 de maio de 2010 
  6. «» J Sutta opublikowała nowy singiel». popheart.pl. Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  7. a b c d «"Inside every woman is a Pussycat Doll," says Robin Antin» (PDF). William Morris Endeavor. Interscope Records. Consultado em 8 de março de 2011 
  8. «Kanye's King of the Billboard 200 With 957,000». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 8 de março de 2011 
  9. «Jessica Sutta Bitter About Leaving Pussycat Dolls, Is Jealous of Nicole Scherzinger». Starpulse.com. Consultado em 8 de março de 2011 
  10. «Former Pussycat Doll: how I lost it all». Life & Style. Bauer. Consultado em 8 de março de 2011 
  11. «Wanna be Bad" out on itunes 10.19.10». Consultado em 30 de maio de 2010 
  12. «Jessica Sutta – I Wanna Be Bad (Here Lounge Performance)». Consultado em 30 de maio de 2010 
  13. «Heading to truck stop...». Consultado em 30 de maio de 2010 
  14. «EXCLUSIVE VIDEO: Former Pussycat Doll Jessica Sutta Goes Solo, Sings 'I Wanna Be Bad'». Consultado em 30 de maio de 2010 
  15. «Video Premiere in 30 minutes». Consultado em 30 de maio de 2010 
  16. «So excited about my show». Consultado em 30 de maio de 2010 
  17. «Jessica Sutta – Jack in the Box 26.12.10». Consultado em 30 de maio de 2010 
  18. «Pin-up Girl Single». Consultado em 30 de maio de 2010 
  19. «BensBrother News..February 2011.. Goo Goo Dolls, Pussycat Dolls, Baby Dolls and Pin-up Girls...». Bens Brother. Consultado em 30 de maio de 2010. Arquivado do original em 7 de julho de 2011 
  20. «Ultra Music Fest Miami». MTV. Consultado em 30 de maio de 2010 
  21. «iTunes – Music – Where Ever U Are (feat. Jessica Sutta) – Single by Cedric Gervais». Itunes.apple.com. Consultado em 30 de maio de 2010 
  22. «Cedric Gervais feat. Jessica Sutta – 'Where Ever U Are ' | MP3 Download at DJTUNES». Djtunes.com. Consultado em 30 de maio de 2010. Arquivado do original em 3 de outubro de 2011 
  23. «Where Ever U Are – Cedric Gervais feat Jessica Sutta». iTunes. Consultado em 30 de maio de 2010 
  24. «Woke up did a radio interview..». Consultado em 30 de maio de 2010 
  25. «Jessica Sutta – Show Me-Premiere». Idelator. Consultado em 30 de maio de 2010 
  26. «Jessica Sutta – Show Me-Video Premiere ABC Family». ABC Family. Consultado em 30 de maio de 2010 
  27. «Former Pussycat Doll, Jessica Sutta, Signs With Hollywood Records». Disney Info Net. Consultado em 30 de maio de 2010 
  28. «'Show Me' the No. 1: Former Pussycat Doll Jessica Sutta Tops Dance Chart». Billboard. Consultado em 30 de maio de 2010 
  29. «Jessica Sutta – Sexy Siren». Consultado em 30 de maio de 2010. Arquivado do original em 4 de janeiro de 2014 
  30. «Jessica Sutta eyes May release for 'Sutta Pop'». Consultado em 30 de maio de 2010 
  31. «Jessica Sutta at Market Days on August 11, 2012». Chicago.gopride.com. Consultado em 30 de maio de 2010 
  32. «The Morning Show : Jessica Sutta's solo success». Consultado em 30 de maio de 2010 
  33. «September!! I'm shooting a video in a week or so! Can't WAIT to release it!!». Consultado em 30 de maio de 2010 
  34. «The Jessica Sutta Show! on USTREAM 6.10.2012 - PART1». Consultado em 30 de maio de 2010 
  35. «I am so happy to announce that I have new music out in early 2013». Consultado em 30 de maio de 2010 
  36. «iTunes - Music - Again (feat. Kemal Golden) [Radio Edit] - Single by Jessica Sutta». Itunes.apple.com. Consultado em 30 de maio de 2010 
  37. Luis Gonzalez. «Listen to "Lights Out" by Jessica Sutta ‹ EQ Music Blog». Eqmusicblog.com. Consultado em 30 de maio de 2010 
  38. «Archived copy». Consultado em 30 de maio de 2010. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2017 
  39. KOERNER, ALLYSON. «Former Pussycat Doll J Sutta Can't Wait For PCD Fans To Check Out Her New Solo Sound». Consultado em 30 de maio de 2010 
  40. «Pussycat Dolls O.G. J Sutta Has a New Single: 11 Things You Need to Know» 
  41. «J Sutta - EDM Sauce» 
  42. «Listen To This: To Infinity!» 
  43. «J Sutta - Forever [Official Music Video] - EDMTunes». Consultado em 30 de maio de 2010 
  44. JessicaSuttaVEVO. «J Sutta - Forever». Consultado em 30 de maio de 2010 – via YouTube 
  45. a b «Jessica Sutta filmografia». IMDB. Consultado em 31 de Janeiro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre J Sutta