Jesus convidando os doze apóstolos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jesus e os Doze
Sinaxário dos Doze Apóstolos, atualmente no Museu de Moscou.

Jesus convidando os doze apóstolos é um episódio da vida de Jesus que aparece nos três evangelhos sinóticos, em Mateus 10:2-4, Marcos 3:13-19 e Lucas 6:12-16, mas não no Evangelho de João. O relato trata da seleção inicial dos doze apóstolos entre os discípulos de Jesus1 2

Narrativa bíblica[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Evangelho de Lucas:

«Naqueles dias retirou-se para o monte a orar e passou a noite orando a Deus. Depois de amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu também o nome de apóstolos, a saber: Simão, a quem deu ainda o nome de Pedro, e André, seu irmão; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão chamado zelote; Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, que se tornou traidor» (Lucas 6:12-16)

No Evangelho de Mateus, este episódio ocorre imediatamente antes do milagre da cura do homem com a mão atrofiada. Nos evangelhos de Marcos e Lucas, logo depois3 .

Esta convocação dos apóstolos ocorre antes da paixão de Jesus e não deve ser confundida com a Grande Comissão, na qual ele convoca os Setenta Discípulos, que ocorre após a sua ressurreição.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Doze Apóstolos

Referências

  1. The first gospel by Harold Riley, 1992 ISBN 0865544093 page 47
  2. Mercer dictionary of the Bible by Watson E. Mills, Roger Aubrey Bullard 1998 ISBn 0865543739 page 48
  3. The life of Jesus by David Friedrich Strauss, 1860 published by Calvin Blanchard, page 340