Jia Zhangke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jia Zhangke
Nome completo Jia Zhang Ke
Nascimento 1970
Fenyang
Nacionalidade  China
Ocupação Realizador de cinema
Festival de Veneza
Leão de Ouro
2006

Jia Zhang Ke, 賈樟柯 (em chinês tradicional) ou 贾樟柯 (em chinês simplificado) (Fenyang, Shanxi, na China, 1970) é um realizador de cinema chinês.

É geralmente considerado como a figura de proa da "sexta geração" do cinema chinês, grupo que inclui também os realizadores Wang Xiaoshuai e Zhang Yuan. [1]

Os primeiros filmes de Zhang Ke, uma trilogia inspirada na sua província natal Shanxi, foram feitos fora dos apoios estatais chineses, e são, por isso, considerados filmes independentes. A partir de 2004, o estatudo de Zhang Ke aumentou, tendo lhe sido permitido filmar o seu quarto filme, em inglês The World, com apoio do estado.

Os filmes de Jia Zhang Ke têm recebido louvor crítico e obtido reconhecimento internacional, o mais notável dos quais o prémio máximo no Festival de Veneza para o filme Still Life, de 2006. Tem sido descrito por alguns críticos e cineastas como possivelmente "o cineasta em actividade mais importante do mundo" [2]

Em 2015, foi lançado Jia Zhang Ke: Um Homem de Fenyang[3], documentário sobre a vida e a obra cinematográfica do chinês através do olhar do cineasta brasileiro Walter Salles.

Estudos[editar | editar código-fonte]

O interesse de Jia pelo cinema começou na década de 1990, enquanto estudante de artes na Universidade de Shanxi, em Taiyuan. A projecção do filme Yellow Earth, de Chen Kaige, a que Zhang Ke assisitu ter-lhe-á, segundo o próprio, mudado a vida, ao tê-lo feito compreender que queria ser realizador de cinema.[4] Assim, Jia entra para a prestigiada Academia de Cinema de Pequim em 1993, enquanto estudante de teoria cinematográfica, o que lhe daria acesso aos clássicos ocidentais e orientais, assim como uma extensa biblioteca de cinema.

Filmografia enquanto realizador[editar | editar código-fonte]

  • 2010 - Hai shang chuan qi
  • 2008 - Stories on Human Rights, segmento Black breackfast
  • 2008 - Heshang aiqing
  • 2008 - Er shi si cheng ji - 24 City
  • 2008 - Shi nian - Remembrance
  • 2007 - Women de shi nian - Our Ten Years
  • 2007 - Wuyong - Useless
  • 2006 - Dong
  • 2006 - Sanxia haoren - Still Life
  • 2004 - Shijie - The World
  • 2002 - Ren xiao yao - Unknown Pleasures
  • 2001 - Gong gong chang suo - In Public
  • 2000 - Zhantai
  • 1997 - Xiao Wu - Pickpocket
  • 1995 - Xiaoshan huijia

Referências

  1. Lee, Kevin. «Jia Zhangke». Senses of Cinema. Consultado em 22 de setembro de 2007 
  2. http://www.npr.org/templates/story/story.php?storyId=98011679
  3. «Jia Zhangke, um Homem de Fenyang» 
  4. Berry, Michael (2002). "Jia Zhangke: Capturing a Transforming Reality" em Speaking in Images: Interviews with Contemporary Chinese Filmmakers. Columbia University Press, p. 185. ISBN 0-231-13331-6. Google Book Search. Retrieved 2008-09-09.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]