Jigaboo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jigaboo
Informação geral
Origem São Paulo, SP
País  Brasil
Gênero(s) Gangsta Rap
Afiliação(ões) Charlie Brown Jr., O Quadrilátero
Integrantes P.MC, DJ Deco Murphy e MC Suave

Jigaboo foi uma banda de rap que fez sucesso nos anos 90. A banda era formada por P.MC, DJ Deco Murphy e MC Suave.[1] Formado por “dois pretos e um branco” (inclusive uma música dizia "O que que tem de estranho? Nunca viu dois preto e um branco?"), Jigaboo é um dos responsáveis pela quebra de preconceito não só na sociedade mas também dentro do RAP, que na época era muito forte.[2]

Suas músicas de maior sucesso foram "Corre-Corre", que tocava exaustivamente no programa Espaço Rap da rádio 105FM, e "Vai Pirar", que contou com a participação de Charlie Brown Jr., e bombou nas maiores rádios do país.[3] Essa música, inclusive, teve seu clipe indicado ao prêmio VMB no ano de 2000.[4]

Em 1997, P.MC entrou em contato com a FEBEM e fez apresentações dentro de algumas unidades. Com a imediata identificação dos adolescentes com a proposta, surgiu a idéia de reunir alguns adolescentes para compor uma música. Foi criado então o Projeto Realidade.[5] Deste trabalho surgiu a canção "Realidade", presente no primeiro disco do Jigaboo.[6] A música, que acabou se tornando uma espécie de hino da FEBEM, foi composta conjuntamente entre o Jigaboo e 42 adolescentes das unidades do Complexo do Tatuapé. Esses 42 adolescentes formaram o grupo O Quadrilátero. E, assim, em 2003 foi lançado o álbum Jigaboo Apresenta O Quadrilátero: Quem Esteve Lá Sabe

No começo da década de 2000, misteriosamente o Jigaboo anunciou seu fim. Em 2013, depois de quase uma década de inatividade, o grupo tentou retornar as atividades, lançando o single “Tamo de Volta” com uma nova formação, porém sem muitos resultados. E, 2015, já com a formação original, o grupo emitiu uma nota em seu site: “Com muita alegria lançamos nosso novo som, "Tumultuava", uma track que trabalhamos muito, esperamos que todos gostem e aguardem quem vem mais tracks novas, muito obrigado a todos que continuaram espalhando nossos sons e pedindo novos”, comentou P.MC. “Estamos de volta para Tumultuar ainda mais!!!!”, reafirmou Suave.[2][7]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Estúdio[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Indicado Resultado Ref.
2000 MTV Video Music Brasil "Melhor Videoclipe de RAP" Vai Pirar (Ft. Charlie Brown Jr.) Indicado [4][9]

Referências

  1. zonasuburbana.com.br/ Jigaboo está de volyta e divulga novo single
  2. a b rapnacional.com.br/ Com formação original, Jigaboo está de volta
  3. cliquemusic.uol.com.br/ 2000 – o ano em que o rap invadiu o sistema
  4. a b mundomtv.com/ Lista dos indicados e vencedores do VMB 2000
  5. crmariocovas.sp.gov.br/ Arquivado em 20 de dezembro de 2016, no Wayback Machine. Ex-internos da Febem gravam CD com rapper P.MC
  6. folha.uol.com.br/ Internos descrevem Febem em rap
  7. rapresentando.com/ Eles voltaram: Ouça o novo som do grupo Jigaboo
  8. discogs.com/
  9. VMB BRASIL - MTV (11/08/2000)