Movimento da Jihad Islâmica na Palestina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Jihad Islâmica da Palestina (em árabe: حركة الجهاد الإسلامي في فلسطين, - Harakat al-Jihād al-Islāmi fi Filastīn) é um grupo militante palestino, considerado um grupo terrorista pelos governos dos Estados Unidos[1], da União Europeia[2], do Japão[3], da Austrália[4] e de Israel. O grupo prega a destruição do Estado judeu e a constituição de um Estado Islâmico na Palestina[5]. A Jihad Islâmica da Palestina executou vários ataques terroristas, por exemplo o atentado suicida do Dizengoff Center (responsabilidade também clamada pelo Hamas).

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 9 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 6 de maio de 2005 
  2. [1]
  3. [2], Canada[3] Arquivado em 19 de novembro de 2006, no Wayback Machine.
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 9 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2014 
  5. Interview with the General Secretary of the Islamic Jihad Movement in Palestine: Dr. Fathi Shikaki

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.