Jim Carrey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jim Carrey
Jim Carrey na première de Yes Man!, em 2008.
Nome completo James Eugene Carrey
Nascimento 17 de janeiro de 1962 (54 anos)
Newmarket, Ontário
 Canadá
Nacionalidade Canadense / Estados Unidos Norte-americano
Ocupação Ator, comediante, roteirista, produtor
Atividade 1980 – presente
Cônjuge Linda Ronstadt (1983-1984)
Melissa Womer (1987-1995)
Lauren Holly (1996-1997)
Renée Zellweger (1999-2000)
Jenny McCarthy (2005-2010)
Cathriona White (2012-2015)
Assinatura Firma de Jim Carrey.svg
Globos de Ouro
Golden Globe icon.svg Melhor Ator - Drama
1999 - The Truman Show
Golden Globe icon.svg Melhor Ator - Comédia ou Musical
2000 - Man on the Moon
Outros prêmios
MTV Movie Awards
Melhor Comediante
1994 - Ace Ventura: Pet Detective
1995 - Dumb & Dumber
1996 - Ace Ventura: When Nature Calls
1997 - The Cable Guy
1998 - Liar Liar
2009 - Yes Man
Página oficial
IMDb: (inglês)

James Eugene Carrey, mais conhecido como Jim Carrey (Newmarket, 17 de janeiro de 1962) é um premiado ator, comediante, roteirista e produtor canadense, conhecido por interpretar papéis cômicos em filmes como Ace Ventura, Debi e Loide, O Máscara, O Pentelho, O Mentiroso, Eu, Eu Mesmo e Irene, Todo Poderoso, Desventuras em Série e As Loucuras de Dick e Jane. Carrey também atingiu sucesso de críticas em interpretações dramáticas em filmes como: The Truman Show, Man on the Moon e Eternal Sunshine of the Spotless Mind.

Curiosamente três filmes estrelados por Jim em 1994: The Mask (O Máskara), Dumb & Dumber (Debi e Lóide) e Ace Ventura: Pet Detective (Ace Ventura), ganharam séries animadas, The Mask: The Animated Series, Dumb and Dumber e Ace Ventura: Pet Detective.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jim Carrey no estúdio do programa Late Show with David Letterman, em 2010.
Máscara usada por Jim Carrey no filme O Máskara.

Antes da fama[editar | editar código-fonte]

Nascido numa pequena localidade nas cercanias de Toronto (Ontário), seus pais eram Percy Carrey, um músico de jazz, e Kathleen Carrey (sobrenome de solteira Oram).[1] Ele tem três irmãos mais velhos: John, Patricia, e Rita. Ele foi criado como católico romano. Sua mãe era de ascendência francesa, irlandesa e escocesa e seu pai era de ascendência franco-canadense (sobrenome original da família era Carré).

Jim interessou-se pela comédia desde pequeno, chegando a enviar a sua résumé para o The Carol Burnett Show quando tinha apenas dez anos. A sua habilidade no ramo levou professores do seu liceu a lhe concederem alguns minutos antes do fim do dia de aulas para Carrey fazer rápidas encenações cômicas (stand-up comedy) para os seus colegas de turma. Os pais de Carrey viveram tempos difíceis e foram forçados a mudar-se para os subúrbios de Scarborough, em Toronto, onde tiveram de trabalhar como seguranças e empregados de limpezas na fábrica Titan Wheels. Carrey começou por trabalhar oito horas em turnos todos os dias depois da escola que frequentava, o Agincourt Collegiate Institute, o liceu mais antigo de Scarborough. E depois disso, seus amigos começaram a encorajá-lo a fazer stand-up comedy publicamente e daí ele viu que tinha talento, então começou a se apresentar em programas de TV e shows de comédia.

Comédia[editar | editar código-fonte]

Em 1979, sob a gestão de Leatrice Spevack, Carrey começou a fazer stand-up comedy no Yuk Yuk's, um clube de comédia de Toronto. No início de 1980, Carrey se mudou para Los Angeles e começou a trabalhar na The Comedy Store, onde foi notado pelo comediante Rodney Dangerfield, que contratou o jovem comediante para abrir os shows de sua turnê.

Carrey, em seguida, voltou sua atenção para as indústrias de cinema e televisão, fazendo testes para ser membro do elenco do Saturday Night Live na temporada de 1980/1981. Carrey não foi selecionado para a posição (embora tenha o apresentado em maio de 1996, e novamente em janeiro de 2011). Joel Schumacher tinha-lhe um teste para um papel no D.C. Cab, embora no final, nada nunca aconteceu.[2]

Carreira no Cinema[editar | editar código-fonte]

Jim Carrey em Paris, na estréia de O Golpista do Ano.

Jim Carrey estreou no filme Rubberface, em 1981. Quatro anos depois, foi-lhe concebido um papel principal na comédia negra Once Bitten (no Brasil, Procura-se Rapaz Virgem) interpretando Mark Kendall, um adolescente virgem que é perseguido por uma vampira de 400 anos protagonizada por Lauren Hutton. Carrey não atingiria o sucesso de bilheteiras até uma década depois, quando foi chamado para representar o principal papel na comédia Ace Ventura: Pet Detective (Ace Ventura, Detetive Animal/Ace Ventura: Um Detetive Diferente), que só estreou meses antes de In Living Color, um programa cômico da televisão americana em que participara.

O filme recebeu péssimas críticas, também influenciado pelo facto de Carrey receber uma nomeação em 1994 para uma Framboesa de Ouro de pior ator revelação. Contudo, o filme foi um grande êxito comercial. Graças a ele fora concedidos a Carrey mais dois papéis principais: em The Mask (O Máskara/A Máscara) e Dumb & Dumber (Doidos à Solta/Débi e Lóide), ambos lançados no mesmo ano.

Em 1995, Carrey apareceu no filme Batman Forever (Batman Para Sempre/Batman Eternamente) como Charada ou Riddler, com excelente atuação. E voltou a encarnar Ace Ventura em Ace Ventura: When Nature Calls (Ace Ventura em África/Ace Ventura: Um maluco na África). Ambos os filmes foram um sucesso de bilheteria e renderam a Carrey cachês multimilionários.

Jim Carrey no Premios 40 Principales[3] no Palacio de los Deportes (Madri, 12 de dezembro de 2008).

Mais tarde, Jim Carrey conquistou os tablóides ao ser divulgado que ele tinha sido pago em 20 milhões de dólares para o seu próximo filme, The Cable Guy, (O Melga/O Pentelho), realizado por Ben Stiller. A atenção dirigida ao seu salário, as más críticas dirigidas ao filme e a má disposição da sua personagem em contraste com as suas outras interpretações, contribuíram para o fracasso de bilheteria. Carrey rapidamente recuperou-se com o sucesso de Liar Liar (br: O Mentiroso), um regresso ao seu estilo de comédia original.

Alternando seus sucessos regulares na comédia, Carrey teve a oportunidade de mudar a rotina para ser a estrela principal em The Truman Show (no Brasil, O Show de Truman - o Show da Vida; em Portugal, A Vida em Directo) em 1998, uma mudança que conduziu Jim a rumores sobre uma possível nomeação para um Oscar da Academia, o que não aconteceu.

No ano seguinte recebeu o papel do comediante Andy Kaufman em Man on the Moon (br: O Mundo de Andy), personagem que lhe provocou grande desgaste físico e psíquico. Vários atores, incluindo Edward Norton entre outros, estavam interessados no papel, mas a popularidade de Jim Carrey, incluindo uma demonstração com os bongôs, que Kaufman usara nas suas próprias atuações, ajudou Jim a ser o escolhido. Apesar das boas críticas, Carrey não foi nomeado para um Oscar.

No ano de 2000, Carrey juntou-se de novo aos irmãos Farrely (os realizadores de Doidos à Solta/Deby & Loyd) na sua comédia Me, Myself & Irene (br: Eu, Eu mesmo e Irene), que era sobre um policial que sofre com dupla personalidade depois que sua esposa o trai com um anão negro. Com os filhos crescidos, se envolve num romance com uma mulher interpretada por Renée Zellweger. O filme arrecadou 24 milhões de dólares no seu fim de semana de estreia e 90 milhões em toda sua carreira nos EUA.

Carrey continuou a aparecer em comédias de grande sucesso sem deixar de atuar também em papéis mais dramáticos. Sua atuação em Eternal Sunshine of the Spotless Mind (Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças), em 2004, recebeu críticas muito positivas e, mais uma vez, foi previsto incorrectamente que Carrey receberia uma nomeação para um Oscar, contudo o filme recebeu um Oscar da Academia na categoria de melhor argumento original e Kate Winslet, com quem contracenou, recebeu uma nomeação pela sua atuação.

No ano anterior, em 2003, Carrey juntou-se de novo a Tom Shadyac para a comédia que foi um sucesso financeiro, Bruce Almighty (O Todo-Poderoso/Todo Poderoso). Arrecadando mais de 242 milhões de dólares nos Estados Unidos e mais de 458 milhões em todo o mundo, este filme tornou-se na segunda comédia de ação real de maior bilheteria.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Jim Carrey na premiação de Cannes, em 2009.

Em 1983, Jim Carrey namorou a cantora Linda Ronstadt por oito meses. Carrey foi casado duas vezes: primeiro com Melissa Womer, relacionamento do qual nasceu a sua filha, Jane (6 de setembro de 1987). Depois casou-se com a atriz Lauren Holly (com quem contracenou em "Débi e Lóide"), um casamento que durou menos de um ano. Carrey já namorou as atrizes Laurie Holden e January Jones, além da modelo Anine Bing. Jim esteve envolvido com a atriz Renée Zellweger, a qual conheceu durante as filmagens de "Eu, Eu mesmo e Irene", contudo a sua relação terminou em dezembro de 2000. Jim é dono de um jato Gulfstream V da Gulfstream Aerospace e de um carro Saleen S7. Carrey revelou ainda ter sido vítima de um período de depressão na revista 60 Minutes em novembro de 2004. Carrey recebeu a cidadania americana em outubro de 2004.[4] Namorou de 2005 a 2010 a atriz Jenny McCarthy. Jim Carrey tornou-se avô em 26 de fevereiro de 2010, quando sua filha Jane deu à luz um menino em Los Angeles. O bebê, de nome Jackson Riley Santana, nasceu às 0h28 locais (5h28 de Brasília) com 3,2 kg.[5]

Em 28 de setembro de 2015, sua ex-namorada, Cathriona White, cometeu suicídio por overdose de medicamentos. O casal se conheceu em 2012.[6] Carrey carregou o caixão durante o funeral no condado de Tipperary, na Irlanda.[7]

Cquote1.svg Sou uma pessoa difícil de conviver. Pareço um animal enjaulado. À noite levanto-me e começo a andar pelo quarto. Não consigo descer das nuvens e desligar-me do que eu faço. Sou como um astronauta. Vivo na Lua o dia inteiro e, ao chegar em casa à noite, tenho que pôr o saco do lixo para fora.[8] Cquote2.svg
Jim Carrey

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Título original Título no Brasil Título em Portugal Ano Papel
The Sex and Violence Family Hour A Hora da Família Sexo e Violência - 1980 Vários
Rubberface Um Debilóide sem Máscara - 1981 Tony Maroni
Copper Mountain Bob e Jack - Dois pés-frios numa gelada Loucuras na neve 1982 Bobby Todd
All in Good Taste - - 1983 Ralph Parker
Finders Keepers Achado Não É Roubado 1984 Lane Bidlekoff
Once Bitten Procura-se Rapaz Virgem A Primeira Dentada 1985 Mark Kendall
Peggy Sue Got Married Peggy Sue - Seu passado a espera Peggy Sue Casou-se 1986 Walter Getz
The Dead Pool Dirty Harry na Lista Negra Na Lista do Assassino 1988 Johnny Squares
Earth Girls Are Easy Meu amante é de outro mundo Absolutamente Loucos 1989 Wiploc
Pink Cadillac O Cadillac Cor-de-Rosa Cadillac Cor-de-Rosa Comediante
High Strung Minha vida é um inferno - 1991 Morte
The Itsy Bitsy Spider - - 1992 Exterminador (voz)
Ace Ventura: Pet Detective Ace Ventura - Um Detetive diferente Ace Ventura - Detetive Animal 1994 Ace Ventura
Dumb and Dumber Debi & Lóide - Dois Idiotas em Apuros Doidos à Solta Lloyd Christmas
The Mask O Máskara A Máscara Stanley Ipkiss/Máskara
Batman Forever Batman Eternamente Batman para Sempre 1995 Edward Nygma/Charada
Ace Ventura: When Nature Calls Ace Ventura 2 - Um Maluco na África Ace Ventura em África Ace Ventura
The Cable Guy O Pentelho O Melga 1996 Ernie 'Chip' Douglas
Liar Liar O Mentiroso O Mentiroso Compulsivo 1997 Fletcher Reede
Simon Birch Pequeno Milagre O Inesquecível Simon Birch 1998 Joe Wenteworth adulto
The Truman Show O Show de Truman - O Show da Vida The Truman Show - A Vida Em Directo Truman Burbank
Man on the Moon O Mundo de Andy O Homem na Lua 1999 Andy Kaufman/Tony Clifton
The Grinch O Grinch Grinch 2000 O Grinch
Me, Myself and Irene Eu, Eu Mesmo e Irene Ela, Eu E o Outro Charlie Baileygates/Hank Evans
Cine Majestic Cine Majestic The Majestic 2001 Peter Appleton
Bruce Almighty Todo Poderoso Bruce - O Todo Poderoso 2003 Bruce Nolan
Lemony Snicket's A Series of Unfortunate Events Desventuras em Série Lemony Snicket - Uma Série de Desgraças 2004 Conde Olaf
Eternal Sunshine of the Spotless Mind Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças O Despertar da Mente Joel Barrish
Fun with Dick and Jane As Loucuras de Dick & Jane Dick e Jane - Ladrões Sem Jeito 2005 Richard 'Dick' Harper
The Number 23 Número 23 Número 23 2007 Walter Sparrow/Det. Fingerling
Yes Man Sim Senhor! O Homem Sim 2008 Carl Allen
Horton Hears a Who! Horton e o Mundo dos Quem Horton e o Mundo dos Quem! Horton (voz)
A Christmas Carol Os Fantasmas de Scrooge Os Fantasmas de Scrooge 2009 Ebenezer Scrooge (voz)
I Love You Phillip Morris O Golpista do Ano Eu Amo-te, Phillip Morris Steven Jay Russell
Mr. Popper's Penguins Os Pinguins do Papai Os Pinguins do Sr. Popper 2011 Tom Popper
The Incredible Burt Wonderstone O Incrível Burt Wonderstone Burt Wonderstone 2013 Steve Haines
Kick-Ass 2 Kick-Ass 2 Kick-Ass 2 Coronel Estrelas
Anchorman 2: The Legend Continues Tudo Por um Furo Que Se Lixem As Notícias Âncora canadense
Dumb and Dumber To Debi & Lóide 2 Doidos à Solta 2 2014 Lloyd Christmas
The Bad Batch The Bad Batch The Bad Batch 2015 Eremita
True Crimes True Crimes True Crimes 2016 Jack

Televisão[editar | editar código-fonte]

Título original Título no Brasil Título em Portugal Ano Papel
The Duck Factory - - 1984 Skip Tarkenton
Mike Hammer: Murder Takes All (TV) - - 1989 Brad Peters
In Living Color - - 1990 Vários
Doing Time on Maple Drive (TV) Casos de família - 1992 Tim Carter
The Office The Office O Escritório 2011 Candidato à vaga de Gerente Regional
30 Rock Um Maluco na TV Rockfeller 30 2012 Dave Williams
Saturday Night Live Saturday Night Live Saturday Night Live 2013 Vários (Participação)
I’m Dying Up In Here I’m Dying Up In Here I’m Dying Up In Here 2016 Produtor - Participação

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Golden Globe icon.svg Globo de Ouro[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Notas Resultado
1995 Melhor Ator (Comédia/Musical) The Mask Indicado
1998 Liar Liar Indicado
1999 Melhor Ator (Drama) The Truman Show Venceu
2000 Melhor Ator (Comédia/Musical) Man on the Moon Venceu
2001 How the Grinch Stole Christmas Indicado
2005 Eternal Sunshine of the Spotless Mind Indicado

SAG Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Notas Resultado
2000 Melhor Ator Man on the Moon Indicado

BAFTA[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Notas Resultado
1999 Melhor Ator The Truman Show Indicado
2000 Man on the Moon Indicado
2005 Eternal Sunshine of the Spotless Mind Indicado
Mãos de Jim Carrey gravadas na Leicester Square em Londres.
Estrela de Jim Carrey na Canada's Walk of Fame (Calçada da Fama do Canadá).[9]

Referências

  1. «Confira a biografia do comediante Jim Carrey». R7. Consultado em 22 de janeiro de 2012. 
  2. (DVD) Batman Forever comentado pelo diretor Joel Schumacher. Warner Brothers. 2005.
  3. (em espanhol) Los40 - Página visitada em 3 de maio de 2010.
  4. «Jim Carrey Becomes New U.S. Citizen» (em inglês). People.com. Consultado em 22 de janeiro de 2012. 
  5. (em português) Jim Carrey se torna avô aos 48 anos Último Segundo. Visitado em 26 de fevereiro de 2010.
  6. «Cathriona White, ex-namorada de Jim Carrey, comete suicídio, diz site». G1. Consultado em 29 de setembro de 2015. 
  7. «Jim Carrey carrega caixão durante enterro de Cathriona White». G1. Consultado em 10 de outubro de 2015. 
  8. (em português) Revista Nova/Cosmopolitan, nº 4, abril de 1996, pág. 157, Editora Abril.
  9. (em inglês) Canadaswalkoffame - Página visitada em 2 de maio de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jim Carrey
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Jim Carrey