Jin (Grand Chase)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jin
Jin
Informações gerais
Série de jogos Grand Chase
Temporadas
  • Season 2
  • Season 3
  • Chaos
Informações pessoais
Terra natal Terra de Prata
Primeira aparição Ruínas de Prata

Jin Kaien é o personagem fictício do jogo para computador Grand Chase.[1][2] Jin não é flor que se cheire. Apesar de amistoso, falastrão e de gargalhadas contagiantes, o garoto é um guerreiro nato. Treinado desde sua infância, recebeu ensinamentos sobre os mais variados estilos de artes marciais, e se tornou um especialista em todos os tipos de combate corpo a corpo.

“Meu nome é Jin, é melhor se lembrar disso!”

— Jin ao vencer uma luta.

História[editar | editar código-fonte]

Nascido na Terra de Prata, Jin Kaien sempre foi um rapaz esforçado e corajoso.[1] Logo cedo ele começou seu treinamento de artes marciais para integrar a Ordem dos Cavaleiros de Prata, o grupo de combate de elite que protegia a Terra de Prata.[1]

Infelizmente, um terrível mal caiu sobre sua nação, corrompendo totalmente a Terra de Prata, e levando seus Cavaleiros a um trágico fim.[1] Como último sobrevivente dos Cavaleiros de Prata, Jin jurou restaurar a honra de seu grupo, e se uniu à Grand Chase para destruir o mal que havia atacado sua terra natal.[1]

Classes[editar | editar código-fonte]

Lutador[editar | editar código-fonte]

O Lutador é a 1ª classe do Jin.[3] Luta com seus braços e pernas no estilo Dragão de Prata. Usa uma Manopla em sua mão direita.[3]

Ainda muito jovem, Jin iniciou seu treinamento como Lutador para ingressar na Ordem dos Cavaleiros de Prata, os defensores da Terra de Prata.[3] Sob a tutela de Asin - braço direito de Victor, líder da Ordem - Jin desenvolveu suas técnicas de artes marciais, fortalecendo seus punhos, que causavam ainda mais dano com o auxílio de sua Manopla de combate.[3] Mas justo quando tudo parecia bem, as forças das trevas atacaram a Ordem dos Cavaleiros de Prata.[3] Durante a batalha contra os monstros, vários guerreiros tombaram.[3] Jin encontraria o mesmo fim, se não fosse por Asin, que se sacrificou, segurando os atacantes enquanto mandava seu pupilo fugir.[3] Jin o obedeceu, mas para seu pesar, ao retornar não encontrou mais nenhum sinal de seu professor ou de qualquer outro membro da Ordem.

Disposto a combater a escuridão que se apoderou da Terra de Prata, Jin partiu sozinho para enfrentar a Rainha Negra, a terrível fada maligna que comandava as tropas de monstros.[3] Foi então que encontrou a Grand Chase, e se uniu ao grupo para salvar a Terra de Prata.[3]

Mestre[editar | editar código-fonte]

O Mestre é a 2ª classe do Jin.[4][5] Ele usa um Par de Tonfas como arma[4] e sua barra de fúria ganha novos poderes.

Mesmo esforçando-se para derrotar seus inimigos, Jin percebeu que precisaria elevar ainda mais seu poder espiritual para vencer a guerra contra as trevas.[4] Para isso, Jin retornou às Ruínas de Prata atrás de antigos manuscritos escritos por seu mestre, Victor, que relatavam precisamente os segredos do Estilo das Tonfas Espirituais, espécie de pequenos bastões que dariam ainda mais poder aos seus socos.[4] Estudando e praticando as instruções por semanas, Jin finalmente foi capaz de absorver todos os conhecimentos e finalmente tornar-se ele próprio um Mestre, adotando a alcunha de Grande Leão Vermelho, e se especializando no uso das Tonfas e dos chutes precisos.[4]

Monge[editar | editar código-fonte]

Monge é a 3ª classe do Jin.[6][7] Ele usa um Bastão como arma.[6] Possui uma Barra de Fúria assim como a suas classes anteriores, que o permite criar novos golpes e ataques especiais. Nessa classe, o jogador pode escolher jogar sem o Bastão, ou seja, ficar igual a sua primeira classe, o Lutador.

Asura era uma poderosa divindade da guerra.[6] Dono de um espírito selvagem e irrefreável, Asura era capaz de derrotar todos os exércitos.[6] Sua sede de luta era algo insaciável, mas os outros deuses o toleravam, já que Asura era encarregada da proteção de seu reino, em Xênia.[6] Porém, o poderoso Asura escondia um segredo.[6] Ele já havia sido humano e seu corpo ainda era mortal.[6] Se aproveitando disso, o Deus do Controle o atraiu para uma armadilha e o derrotou, fazendo com que Asura finalmente perecesse em combate.[6]

Contudo, o espírito de Asura continuou vagando pelos continentes, atrás de um grande guerreiro que fosse digno de receber toda sua bravura.[6] Guerra após guerra, batalha após batalha, e finalmente Asura o encontrou.[6] Jin havia sido escolhido dentre tantos outros guerreiros para receber toda sua habilidade.[6] Por ser dono de uma elevada força espiritual e reconhecido guerreiro, o jovem Jin incorporou a divindade e absorveu todo o seu conhecimento.[6] O rapaz rapidamente dominou seus novos poderes espirituais e se tornou capaz de manusear a arma preferida de Asura, o Bastão de combate.[6] Ao empunhar esta arma com destreza, Jin alcançou o título de Monge, o mestre espiritual.[6]

Iluminado[editar | editar código-fonte]

O Iluminado é a 4ª classe do Jin.[8][9] Ele utiliza um par de Vajras. Nessa classe, Jin tem uma habilidade especial, a qual não existe em nenhuma das suas classes anteriores, que é o "Modo Combate".

Após tantas lutas e dores, Jin finalmente encontrou pistas de que ele não era o único sobrevivente da Ordem dos Cavaleiros de Prata.[8] Em seus piores momentos, Jin havia se entregado ao desespero, cogitando que nunca mais veria seu antigo mentor, Victor, o feroz guardião da Terra de Prata que havia sido como um verdadeiro avô adotivo para o rapaz.[8] Mas a realidade se revelou ainda mais terrível.[8] Pois Victor, mestre honrado, exemplo de guerreiro e sua única família, havia traído a todos e se tornado o líder dos Cavaleiros Negros, o verdadeiro responsável pelo fim dos Cavaleiros de Prata e pela devastação local.[8] A simples visão de Victor e do que ele se tornara fez com que Jin se perdesse em um abismo de angústia, decepção e desespero.[8]

Entretanto, em seu momento mais negro, Jin finalmente alcançou a aceitação.[8] Com isso, ele se libertou do peso da culpa que carregava por não ter sido capaz de salvar seus companheiros e restabeleceu sua honra, focado em restaurar tudo o que Victor havia distorcido.[8] Assim, o jovem atingiu a compreensão espiritual e pureza mental, despertando para o estado de iluminação.[8] Esse sentimento fez com que Jin alcançasse o ponto máximo da sua evolução como artista marcial, e permitiu que ele finalmente libertasse as sagradas Vajras que estavam lacradas na Fortaleza de Victor.[8] Esses cetros divinos haviam sido usados pelos próprios deuses em tempos antigos, e aguardavam por um humano espiritualmente evoluído que pudesse novamente manuseá-los.[8] Em posse de suas novas armas, Jin tornou-se Iluminado.[8]

Referências

  1. a b c d e «Jin - Introdução». games.levelupgames.uol.com.br. Consultado em 3 de Maio de 2011 
  2. «Jin». Consultado em 5 de março de 2009 
  3. a b c d e f g h i «Lutador - Descrição». games.levelupgames.uol.com.br. Consultado em 3 de Maio de 2011 
  4. a b c d e «Mestre - Descrição». games.levelupgames.uol.com.br. Consultado em 3 de Maio de 2011 
  5. Revista Pôster Level Up! edição 19. «O Mestre». Consultado em 5 de maio de 2009 
  6. a b c d e f g h i j k l m n «Monge - Descrição». games.levelupgames.uol.com.br. Consultado em 3 de Maio de 2011 
  7. Revista Level Up! edição 15. «O Monge». Consultado em 17 de junho de 2009 
  8. a b c d e f g h i j k l «Iluminado - Descrição». games.levelupgames.uol.com.br. Consultado em 3 de Maio de 2011 
  9. «O Iluminado». Consultado em 25 de novembro de 2009