João (esposo de Prejecta)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João
Nacionalidade Império Bizantino
Progenitores Pai: Pompeu
Cônjuge Prejecta
Ocupação Nobre

João (em latim: Ioannes) foi um nobre bizantino do século VI, ativo durante o reinado do imperador Justiniano I (r. 527–565).

Vida[editar | editar código-fonte]

Era filho de Pompeu e neto de Hipácio. Em 546/548, entre o retorno de Artabanes para Constantinopla em 546 e a morte da imperatriz Teodora (r. 527–548) em junho de 548, casou-se com Prejecta, sobrinha de Justiniano. Sua morte, ocorrida em 566/567, foi celebrada e versos pelo poeta Juliano nos quais alude que era da família de Anastácio I (r. 491–518) e genro de uma rainha, ou seja, Vigilância. O poema foi incluído no Ciclo de Agátias e em seu lema é descrito erroneamente como genro da imperatriz Eufêmia (r. 518–524).[1]

Referências

  1. Martindale 1992, p. 663.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, John R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). «Ioanes 63». The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press. ISBN 0-521-20160-8