João Bonifácio Gomes de Siqueira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Novembro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
José Bonifácio Gomes de Siqueira
Presidente da Província de Goiás Flag of Brazil (1822–1870).svg
Período - 1857
- 1862-1863
- 1864-1865
- 18??-18??
- 18??-18??
Antecessor 1º mandato: Antônio Augusto Pereira da Cunha
2º mandato: Caetano Alves de Sousa Filgueiras
3º mandato: José Vieira Couto de Magalhães
4º mandato: Augusto Ferreira França
5º mandato: Ernesto Augusto Pereira
Sucessor 1º mandato: Francisco Januário da Gama Cerqueira
2º mandato: José Vieira Couto de Magalhães
3º mandato: Augusto Ferreira França
4º mandato: Ernesto Augusto Pereira
5º mandato: Antero Cícero de Assis
Governador de Goiás
Período 30 de março de 1891
até 20 de maio de 1891
Antecessor Bernardo Antônio de Faria Albernaz
Sucessor Constâncio Ribeiro da Maia
Dados pessoais
Nascimento 15 de maio de 1816
Jaraguá, Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves
Morte 17 de julho de 1901 (85 anos)
Goiás, Primeira República Brasileira
Nacionalidade brasileiro
Partido PMR
Profissão Desembargador

João Bonifácio Gomes de Siqueira (Jaraguá, 15 de maio de 1816Goiás, 17 de julho de 1901) foi um político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do tenente-coronel Joaquim Gomes de Siqueira e dona Maria Raimunda Rodrigues de Morais, nasceu na cidade de Jaraguá no dia 13 de maio de 1816. Formou-se na Faculdade de Direito de São Paulo, e foi o primeiro goiano, filho de pais goianos, formado em Direito, e o segundo a freqüentar um curso de nível superior. Depois da formatura voltou para Jaraguá onde se casou com Ana Lina da Fonseca, que era sua prima, e filha de Francisco Augusto de Faria Albernaz e Emerenciana Rodrigues de Morais. Na antiga capital do Estado, cidade de Goiás, exerceu diversos cargos, como o de Chefe Geral da Polícia, Vice-Presidência da Província de Goiás, Juiz. Em várias ocasiões assumiu a presidência da Província. Foi ainda Deputado Provincial, e com a proclamação da República em 1889, foi nomeado Governador do Estado de Goiás, cargo que ocupou até 1891. Eleito deputado na Constituinte do Estado, presidiu a Assembléia que promulgou a Constituição política. Viúvo, casou-se uma segunda vez com Luíza Maria Rodrigues de Morais, com quem teve dois filhos: Dr. João Bonifácio Gomes de Siqueira Filho (Juiz de Direito, formado na Universidade de Direito em São Paulo; Procurador da República em Goyaz) e, por outro lado, o grande poeta e intelectual goiano Joaquim Bonifácio Gomes de Siqueira (membro da Academia Goiana de Letras).[1]

Foi presidente da província de Goiás, de 1 de agosto a 8 de outubro de 1857, de 5 de novembro de 1862 a 8 de janeiro de 1863, de 5 de abril de 1864 a 27 de abril de 1865, e de 30 de março a 20 de maio de 1891.

Faleceu na cidade de Goiás, no dia 17 de julho de 1901, aos 85 anos de idade.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Antônio Augusto Pereira da Cunha
Presidente da Província de Goiás
1857
Sucedido por
Francisco Januário da Gama Cerqueira
Precedido por
Caetano Alves de Sousa Filgueiras
Presidente da Província de Goiás
18621863
Sucedido por
José Vieira Couto de Magalhães
Precedido por
José Vieira Couto de Magalhães
Presidente da Província de Goiás
18641865
Sucedido por
Augusto Ferreira França
Precedido por
Augusto Ferreira França
Presidente da Província de Goiás
18?? — 18?
Sucedido por
Ernesto Augusto Pereira
Precedido por
Ernesto Augusto Pereira
Presidente da Província de Goiás
18?? — 18??
Sucedido por
Antero Cícero de Assis
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.