João Cantacuzeno (déspota)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
João Cantacuzeno
Nascimento década de 1340
Morte século XIV
Cidadania Império Bizantino
Progenitores
Irmão(s) Demétrio I Cantacuzeno, Helena Asanina Cantacuzena
Ocupação administrador

João Cantacuzeno (em grego: Ἱωάννης Καντακουζηνός; ca. 1342 - após 1380) foi um príncipe bizantino do século XIV, membro da ilustre família Cantacuzeno. Nasceu ca. 1324, o filho mais velho de Mateus Cantacuzeno, coimperador do Império Bizantino em 1353–1357, e Irene Paleóloga. Com a abdicação de Mateus do trono em dezembro de 1357, João V Paleólogo, agora governante solo, elevou João para o posto cortesão supremo de déspota. Pouco se sabe sobre João depois disso: em 1361 foi para a Moreia, onde é novamente registrado ca. 1380 como doador dum ícone da Teótoco, agora na Igreja de São Samuel em Veneza.[1][2]

Referências

  1. Guilland 1959, p. 63.
  2. Trapp 2001, 10972.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Trapp, Erich; Hans-Veit Beyer; Sokrates Kaplaneres; Ioannis Leontiadis (2001). Prosopographisches Lexikon der Palaiologenzeit. Viena: Verlag der Österreichischen Akademie der Wissenschaften