João Cosme Santos Guerreiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

João Cosme dos Santos Guerreiro (Funchal, 27 de Setembro de 1923Lisboa, 5 de Novembro de 1987) foi um matemático e professor português que leccionou na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciou-se em Matemática pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa em 1954, tendo depois obtido uma bolsa do Instituto para a Alta Cultura para iniciar a investigação no Centro de Estudos Matemáticos de Lisboa, sob a supervisão de José Sebastião e Silva.

Foi assistente no Instituto Superior de Agronomia entre Março de 1957 e Outubro de 1958 tendo em seguida passado pelo Centro de Estudos Nucleares. Em 1959 entrou para a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa como professor secundário onde teve oportunidade de trabalhar com dois importantes matemáticos, José Vicente Gonçalves e José Sebastião e Silva. Obteve o seu doutoramente em 1962 com uma tese intitulada Teoria directa das distribuições sobre uma variedade. Passou a professor extraordinário em 1968 e a professor catedrático em 1973, por decisão unânime em ambas as ocasiões.

Santos Guerreiro tinha uma concepção humanista da matemática profundamente enraizada na história, o que o levou a leccionar, até à sua morte, uma cadeira de História do Pensamento Matemático na Universidade de Évora.[1]

Após o 25 de Abril foi presidente da Direcção da Sociedade Portuguesa de Matemática e o principal responsável pela sua legalização, processo que culmina em 1977 com a publicação em Diário da República dos seus primeiros estatutos.[2][3]

Casou com Maria Luisa Alvito Monteiro Peste, de quem já tinha tido dois filhos, em Junho de 1976. A sua filha mais velha, Maria João Guerreiro, é bi-mestre em História e encontra-se actualmente a fazer o doutoramento, o seu segundo filho é licenciado em Sociologia e é o cantor dos Pop Dell'Arte, João Peste.

Santos Guerreiro, além de um destacado e empenhado militante antifascista durante os tempos da ditadura em Portugal e no período pós-25 de Abril, pertenceu à direção do Sport Lisboa e Benfica em 1969 - foi Presidente da mesa da assembleia. Traduziu o livro História Concisa das Matemáticas do holandês Dirk Jan Struik, com a colaboração da sua filha, sem ter tido oportunidade de acrescentar uma nota sobre a história da matemática em Portugal, como desejava.

Faleceu em Lisboa, a 5 de Novembro de 1987, após prolongada doença.

Obras[editar | editar código-fonte]

Trabalhos de investigação[editar | editar código-fonte]

  • Les changements de variable en théorie des distributions, Portugal. Math., 16, pp. 57–81, 1957.
  • La multiplication des distributions comme application linéaire continue, Portugal. Math., 18, pp. 55–67, 1959.
  • Teoria directa das distribuições numa variedade, tese de doutoramento, Portugal. Math., 22, pp. 1–92, 1963.
  • Secções-distribuições em espaços fibrados, Revista da Faculdade de Ciências de Lisboa, 2nd séries, A-Mathematical Sciences, 11, pp. 223–246, 1965/66.
  • Cohomologia das correntes numa variedade com bordo, Actas da Primeira Reunião Matemática Luso-Espanhola, pp. 99–100, Lisboa, 1972.
  • Sobre as distribuições quase-periódicas, Actas da Primeira Reunião Matemática Luso-Espanhola, pp. 110–112, Lisboa, 1972.
  • Sobre as distribuições quase-periódicas vectoriais. Uma aplicação à equação das ondas, Revista de la Universidad de Santander, Número 2, Parte I, pp. 237–241, 1979.

Monografias, cursos e outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • Elementos de Análise Funcional, publicado por Associação de Estudantes da FCUL, 1959/60.
  • Uma construção axiomática do Integral de Lebesgue, AEFCUL, 1964/65.
  • Curso de Geometria Superior. II. Variedades diferenciáveis, Instituto para a Alta Cultura, Publicação do Centro de Estudos Matemáticos de Lisboa, FCUL, 1964/65.
  • Matemáticas Gerais, FCUL, 1966/67.
  • Curso de Matemáticas Gerais (A editora Livraria Escolar Editora republicou os primeiros três volumes num só tomo, em 1989, com o título Curso de Análise Matemática)
    • Volume I. Conjuntos. Noções de Álgebra. 1967 Livraria Escolar Editora, Lisboa.
    • Volume II. Números reais. Séries. Funções contínuas. 1967. Livraria Escolar Editora, Lisboa.
    • Volume III. Derivadas e integrais das funções de variável real. 1968. Livraria Escolar Editora, Lisboa.
    • Volume IV. Noções de Álgebra Linear. 1970. Livraria Escolar Editora, Lisboa.
  • Anastácio da Cunha e as Matemáticas em Portugal, Catálogo 23, Biblioteca Nacional, Exibição José Anastácio Da Cunha (1744-1787), o Matemático e o Poeta, pp. 39–42, Lisboa, 1987
  • Espaços Vectoriais Topológicos, CMAF, 1990

Traduções[editar | editar código-fonte]

  • STRUIK, Dirk J. História concisa das matemáticas, Lisboa: Gradiva, 1989, 360 p. ISBN 972 662 131 3

Referências

  1. João Viveiros. «Vida e obra de Santos Guerreiro - Homenagem a um grande matemático madeirense» (PDF). Choque Mate - Ano VII - N.º 22 - Abril/Junho 2001 - Escola Secundária Jaime Moniz. Consultado em 7 de Maio de 2007. 
  2. Fernando Reis. «Ciência em Portugal - episódios - Sociedade Portuguesa de Matemática». Consultado em 7 de Maio de 2007. 
  3. «Sociedade Portuguesa de Matemática - Nota Histórica». Consultado em 7 de Maio de 2007.