João Daudt Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
João Daudt Filho
Cidadania Brasil
Ocupação farmacêutico

João Daudt Filho (Santa Maria (Rio Grande do Sul), 1858 - Rio de Janeiro, 1948[1]) foi um farmacêutico e empresário brasileiro. Formado na Faculdade de Farmácia do Rio de Janeiro, retornou a Santa Maria prestigiado, por se tratar do segundo diplomado da cidade[2]

Participou do grupo fundador da Escola Livre de Farmácia e Química Industrial em Porto Alegre, que depois fundida com o Curso de Partos de Protásio Alves, daria origem à Faculdade de Medicina e Farmácia de Porto Alegre, em 1898.[3]

Em 1904, Daudt Filho mudou-se para o Rio de Janeiro, onde construiu uma unidade industrial no centro da cidade.[4] Em 1912, instala, juntamente com os sobrinhos Felipe e João, a firma Daudt, Oliveira & Cia, que detém direitos sobre três produtos já consagrados no mercado nacional: o elixir A saúde da mulher, a pomada Boro-borácica e o xarope Bromil.[2]

No Rio Grande do Sul possuía contato pessoal com Gaspar Silveira Martins e Júlio de Castilhos.[5] Teve em seu círculo de amizades, grandes personalidades, intelectuais e políticos, como Carlos Drummond de Andrade, Graciliano Ramos e Getúlio Vargas.[4]

Foi também gerente da companhia de Gás do estado do Rio Grande do Sul.[2]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.