João Ducas (filho de Miguel II)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João Ducas
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação Oficial
Religião Cristianismo
Traqueia escifato de Miguel II Comneno Ducas (r. 1230–1266/1268)

João Ducas (em grego: Ἰωάννης Δούκας; transl.: Iōannēs Doukas) foi um dos filhos do déspota do Epiro Miguel II Comneno Ducas (r. 1230–1266/1268) e um general em serviço bizantino. sob Miguel VIII Paleólogo (r. 1259–1282)

Vida[editar | editar código-fonte]

João foi o segundo filho do déspota do Epiro, Miguel II Comneno Ducas (r. 1230–1266/1268), e Teodora Petralifena.[1] Em 1261, sua mãe levou-se como refém à corte bizantina em Constantinopla, onde casou-se com Tornicina Comnena de primeiro nome desconhecido), a segunda filha do sebastocrator Constantino Tornício. O casal teve ao menos uma filha, Helena, mas o casamento foi infeliz, com João aparentemente desprezando sua esposa. Como resultado, foi preso e cegado em 1280, e cometeu suicídio logo depois.[2][3]

Referências

  1. Polemis 1968, p. 94, 95.
  2. Trapp 2001, p. 205. <῎Αγγελος>, ̓Ιωάννης ∆ούκας.
  3. Polemis 1968, p. 95.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Polemis, Demetrios I. (1968). The Doukai: A Contribution to Byzantine Prosopography. The Athlone Press: [s.n.] 
  • Trapp, Erich; Hans-Veit Beyer; Sokrates Kaplaneres; Ioannis Leontiadis (2001). Prosopographisches Lexikon der Palaiologenzeit. Viena: Verlag der Österreichischen Akademie der Wissenschaften