João Gordo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João Gordo
João Gordo em 2007.
Informação geral
Nome completo João Francisco Benedan
Também conhecido(a) como Gordo
Nascimento 13 de março de 1964 (56 anos)
Local de nascimento São Paulo, SP
Brasil
Origem Vila Gustavo, São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1982—atualmente
Gravadora(s)
Afiliação(ões)

João Gordo, nome artístico de João Francisco Benedan (São Paulo, 13 de março de 1964), é um músico, repórter e integrante da banda Ratos de Porão. Foi também apresentador da MTV Brasil e da Rede Record.[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

João entrou para a banda Ratos de Porão em 1983. Seu primeiro show com o grupo foi na PUC de São Paulo em julho de 1983.

Em 1996, começou carreira de apresentador na MTV Brasil. Já comandou os programas Suor, Garganta e Torcicolo, Gordo Pop Show, Gordo on Ice, Gordo a Go-Go, Piores Clipes do Mundo, Gordo Freak Show, Gordo à Bolonhesa, Fundão MTV, Gordoshop e Gordo Visita.[3][4] Na Rede Record, apresentou um quadro no programa Legendários que falava sobre política e problemas sociais entre 2010 e 2012.[5] Em 2003, foi premiado com o Troféu APCA de melhor apresentador por seu programa Gordo a Go-Go.[6]

Em 31 de janeiro de 2000, João sofreu um derrame pleural e ficou 22 dias numa UTI.[7] Até então, fumava três maços de cigarro por dia; depois do incidente, abandonou o vício.

Em novembro de 2003, protagonizou o episódio mais famoso do programa Gordo a Go-Go, ao brigar com o cantor Dado Dolabella.[3]

Pouco mais de um ano depois, em 23 de dezembro, sofreu uma disritmia no coração e ficou cinco dias internado, também em UTI. Passou por uma cirurgia de redução do estômago e em 2004, casou-se com a jornalista argentina Viviana Torrico. Em abril do mesmo ano, nasceu a sua primeira filha, Victoria. Tornou-se ovolactovegetariano.[8] Em setembro de 2005, Viviana deu à luz o segundo filho do apresentador, Pietro.[9]

Em 2007, participou do álbum Ritmo, Ritual e Responsa da banda Charlie Brown Jr., cantando ao lado do vocalista Chorão a música "Vida de Magnata".

Em 2011, João participou da faixa "Extinção em Massa" do álbum The Great Execution da banda brasileira de death metal Krisiun.

Em 2016, assinou contrato com o Canal Brasil e iniciou um programa de entrevistas Eletrogordo[10] em 29 de agosto de 2016, à meia-noite.[11] Também lançou uma biografia, Viva La Vida Tosca, escrita por André Barcinski.

Desde 2015, comanda um programa culinário no YouTube, o Panelaço[12] e apresentou o programa de rádio Tiki Nervioso, ao lado do músico Marinho (ex-Pavilhão 9) pela 89 FM a Rádio Rock.[13]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Cargo Emissora
1996 - 1997 MTV no Ar Repórter MTV Brasil
1996 - 1997 Suor MTV Apresentador
1997 - 1998 Garganta e Torcicolo Apresentador
1998 - 2000 Gordo Pop Show Apresentador
2000 Gordo on Ice Apresentador
2000 - 2005 Gordo a Go-Go Apresentador
2002 Piores Clipes do Mundo Apresentador
2004 - 2005 Gordo a Bolonhesa Apresentador
2005 - 2006 Gordo Freak Show Apresentador
2006 - 2009 Gordo Visita Apresentador
2007 Gordo Viaja Apresentador
2008 Caveirão do Gordo Apresentador
2008 Fundão MTV Apresentador
2008 Astros Jurado SBT
2009 Gordo Chic Show Apresentador MTV Brasil
2009 Gordoshop Apresentador
2010 - 2012 Legendários Repórter RecordTV
2012 - 2013 Ídolos Kids Jurado
2016 - 2019 Eletrogordo Apresentador Canal Brasil[11]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Referências
2005 Deu Zebra Buzz (voz) [14]
2009 Matadores de Vampiras Lésbicas Fletch (James Corden) - voz

Internet[editar | editar código-fonte]

Ano Título Cargo Plataforma
2014-presente Panelaço Apresentador YouTube

Referências

  1. «João Gordo assina com a Record por três anos». Folha da Região. 3 de dezembro de 2009. Consultado em 4 de dezembro de 2009 
  2. «Turbulenta história do Ratos de Porão vira filme em "Guidable"». Folha Online. 3 de abril de 2009. Consultado em 12 de maio de 2009 
  3. a b João Gordo e Dado Dolabella "brigam" durante programa da MTV - Folha de S.Paulo, 25 de abril de 2003 (visitado em 6/4/2010).
  4. «Com novo programa, João Gordo se diz "Angélica do inferno"». Folha Online. 19 de junho de 2006. Consultado em 12 de maio de 2009 
  5. Jimenez, Keila (22 de novembro de 2012). «João Gordo deixa "Legendários"». Outro Canal. Folha.com. Consultado em 26 de janeiro de 2013 
  6. Agência Estado (17 de dezembro de 2003). «APCA elege os melhores de 2003». O Estado de S. Paulo. Consultado em 18 de junho de 2020 
  7. «João Gordo, do Ratos de Porão, submete-se a cirurgia». Whiplash.net. 1 de fevereiro de 2003. Consultado em 12 de maio de 2009 
  8. SP: Evento[ligação inativa] reúne João Gordo, Mari Moon, Patrícia Marx e muitos ativistas pelos animais.
  9. «O Gordo e a Vida». Fatto Olé. 2006. Consultado em 12 de maio de 2009. Arquivado do original em 19 de agosto de 2014 
  10. «De volta». F5. 2006. Consultado em 1 de abril de 2016 
  11. a b «Estreia dia 29 de agosto, à meia-noite». Canal Brasil. 22 de Julho de 2016. Consultado em 1 de Agosto de 2016 
  12. Carvalho, João Paulo. "Biografia revela infância traumática de João Gordo e expõe a sua intensa relação com as drogas", Estado de S. Paulo. 22 de novembro de 2016.
  13. «Tiki Nervioso com João Gordo e Marinho "Otra Vida"». www.radiorock.com.br. Consultado em 29 de janeiro de 2017 
  14. «Deu Zebra!». Consultado em 8 de fevereiro de 2015. Arquivado do original em 8 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: João Gordo


Ícone de esboço Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.