João Grosso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
João Grosso
Nome completo João Manuel Vieira Grosso
Nascimento 1 de outubro de 1958 (62 anos)
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação Ator e encenador

João Manuel Vieira Grosso[1] (1 de outubro de 1958), é um actor e encenador português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa.

Trabalhou para o Teatro Aberto[2] e integra o elenco residente do Teatro Nacional D. Maria II, onde foi Director Artístico (2001-2003).

São de salientar os seu desempenhos em: Fausto, Fernando, Fragmentos., de Fernando Pessoa, Barcas e Serviço d' Amores, de Gil Vicente; Berenice, de Racine; Medeia, de Eurípides e Orgia de Pasolini (que também encenou).

Recebeu o Globo de Ouro 2005, para melhor Actor, por Orgia.

Em 1987 viu-se envolvido numa controvérsia pela forma como cantou o hino nacional português (ao estilo rock) no programa de televisão Fisga, da RTP, tendo sido acusado do crime de ultraje aos símbolos nacionais, embora fosse absolvido desse mesmo crime em 1992, por estar, de acordo com o juiz que julgou o caso, "a dar vida ao texto integrado no ambiente que o rodeava, sem ultrapassar o conteúdo do mesmo e no desempenho das suas funções de ator".[3]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Canal Notas
1986 Duarte e Companhia RTP
Há Petróleo no Beato Jorge RTP
1992/1993 Cinzas João Eduardo Amaral RTP
1993/1994 Verão Quente Sérgio Vale RTP
1994 Nico D'Obra RTP
1995 Tordesilhas - O Sonho do Rei RTP
2008 O Dia do Regicídio Luz de Almeida RTP
Casos da Vida Carlos TVI
2014 O Beijo do Escorpião Juiz TVI
2016 Os Boys Carlos Lamarão RTP
2017 Cuidado com a Língua Ourives RTP
2018 Três Mulheres Moreira Baptista RTP

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Certidão de lista de associadas da Audiogest» (PDF). IGAC/Ministério da Cultura. 25 de julho de 2007. Consultado em 26 de Dezembro de 2014. Arquivado do original (pdf) em 24 de dezembro de 2013 
  2. «João Grosso». Infopédia. Consultado em 26 de Dezembro de 2013 
  3. Hélder Antunes (jornalista) (7 de Maio de 1992). Julgamento de João Grosso. RTP. Consultado em 9 de Janeiro de 2021