João Grosso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Grosso
Nome completo João Manuel Vieira Grosso
Nascimento 1959 (57 anos)
Nacionalidade  Portugal
Ocupação Ator e encenador
IMDb: (inglês)

João Manuel Vieira Grosso[1] (n. 1959), é um actor e encenador português. Estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa.

Trabalhou para o Teatro Aberto[2] e integra o elenco residente do Teatro Nacional D. Maria II, onde foi Director Artístico (2001-2003).

São de salientar os seu desempenhos em: Fausto, Fernando, Fragmentos., de Fernando Pessoa, Barcas e Serviço d' Amores, de Gil Vicente; Berenice, de Racine; Medeia, de Eurípides e Orgia de Pasolini (que também encenou).

Recebeu o Globo de Ouro 2005, para melhor Actor, por Orgia.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Projeto Personagem Canal Notas
1986 Duarte e Companhia RTP pequena participação
Há Petróleo no Beato Jorge RTP peça de teatro emitida em televisão
1992/1993 Cinzas João Eduardo Amaral RTP
1993/1994 Verão Quente Sérgio Vale RTP
1994 Nico D'Obra RTP pequena participação
1995 Tordesilhas - O Sonho do Rei RTP
2008 O Dia do Regicídio Luz de Almeida RTP
Casos da Vida Carlos TVI
2014 O Beijo do Escorpião Juiz TVI pequena participação

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Certidão de lista de associadas da Audiogest» (PDF). IGAC/Ministério da Cultura. 2007-07-25. Arquivado desde o original (pdf) em 24 de Dezembro de 2013. Consultado em 26 de Dezembro de 2014. 
  2. «João Grosso». Infopédia. Consultado em 26 de Dezembro de 2013.