João José Ferreira de Aguiar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João José Ferreira de Aguiar
Dados pessoais
Nascimento 10 de janeiro de 1810
Morte 18 de novembro de 1888 (78 anos)

João José Ferreira de Aguiar, 1° e único barão de Catuama, mais conhecido como Conselheiro Aguiar (Goiana, 10 de janeiro de 1810Recife, 18 de novembro de 1888) foi um magistrado, político, jornalista e professor brasileiro.

Filho de Antônio Ferreira Aguiar e Úrsula das Virgens de Aguiar, foi um dos primeiros matriculados na Faculdade de Direito de Olinda, formando-se em 1832. No ano seguinte foi nomeado juiz de Fortaleza, sendo depois transferido para o Piauí. Em janeiro de 1835 é nomeado para a segunda vara criminal do Recife.

Foi presidente das províncias do Rio Grande do Norte, de 1 de maio de 1836 a 26 de agosto de 1837, e do Ceará, de 24 de novembro de 1877 a 22 de fevereiro de 1878. Foi deputado provincial em Pernambuco várias vezes, e deputado geral pelo mesmo estado por 5 mandatos (5º,8ª,10ª e 16ª legislaturas).

Foi professor de Direito criminal de 1854 até aposentar-se. Como jornalista colaborou com diversos jornais do Recife: Diário de Pernambuco, Quotidiana Fidedigna, O Lidador, A União, O Clamor Público: Ordem e Liberdade, entre outros.

É recipiente da comenda da Imperial Ordem da Rosa e Imperial Ordem de Cristo. Seu nome batiza uma das principais avenidas da cidade de Recife, a avenida Conselheiro Aguiar.

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Basílio Quaresma Torreão
Presidente da província do Rio Grande do Norte
1836 — 1837
Sucedido por
Manuel Ribeiro da Silva Lisboa
Precedido por
Caetano Estelita Cavalcanti Pessoa
Presidente da província do Ceará
1877 — 1878
Sucedido por
Paulino Nogueira Borges da Fonseca


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.