João César das Neves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de João Luís César das Neves)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João César das Neves
Nascimento 1957
Residência Portugal Portugal
Nacionalidade Português
Alma mater Universidade Católica de Lisboa
Instituições Universidade Católica Portuguesa
Campo(s) Pobreza, Desenvolvimento económico, gestão, ética

João Luís Alves César das Neves (Lisboa, 1957) é um economista, catedrático e professor universitário português. É casado e pai de quatro filhos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Professor catedrático e presidente do Conselho Científico da Católica Lisbon School of Business & Economics obteve na mesma faculdade a licenciatura, que concluiu com média de 16 valores, e o doutoramento em Economia.[1] Possui ainda um mestrado em Economia pela Universidade Nova de Lisboa e um mestrado em Investigação Operacional e Engenharia de Sistemas pelo Instituto Superior Técnico. Foi assessor económico do Primeiro-Ministro Cavaco Silva entre 1991 e 1995, em 1990 foi assessor do ministro das Finanças e, de 1990 a 1991 e de 1995 a 1997, técnico superior do Banco de Portugal. Autor de mais de trinta livros e de múltiplos artigos científicos, é também colaborador na imprensa, assinando a coluna Não há almoços grátis, no Diário de Notícias.[2]

Em novembro de 2016,[3] César das Neves publicou um livro (As 10 Questões do Colapso) onde explicava o que considerava ser o provável colapso que a economia portuguesa sofreria ainda em 2016 ou em 2017, um colapso similar ao de 2011.[4][5] O livro inseriu-se no contexto do "discurso do diabo" do antigo Primeiro-Ministro e então Líder da Oposição Pedro Passos Coelho,[6] ou seja, da ideia de que a política económica do governo de António Costa de redução ou reversão da austeridade iria levar Portugal a um colapso económico no curto prazo, provavelmente com necessidade de um novo resgate da Troika. As previsões de César das Neves (e de Passos Coelho) acabaram por não se concretizar: em 2016 o governo obteve um défice orçamental de 2,1% (o mais baixo da Terceira República)[7][8] e em 2017 a economia de Portugal cresceu 2,7% (o maior crescimento desde 2000).[9] Em janeiro de 2018, César das Neves disse que o livro foi "o maior fiasco" da sua carreira, mas que "ainda temos o risco do colapso".[10]

Obra[editar | editar código-fonte]

Seguem-se algumas das suas obras:

  • Neves, J.C. (2016) As 10 Questões do Colapso — Portugal: A provável derrocada financeira de 2016-2017, Dom Quixote
  • Neves, J.C. (2014) Portugal, esse desconhecido, Dom Quixote
  • Neves, J.C. (2014) As Figuras do Presépio, Lucerna
  • Neves, J.C. (2013) As 10 Questões da Recuperação, Dom Quixote
  • Neves, J.C. (2011) As 10 Questões da Crise, Dom Quixote
  • Neves, J.C. (2008) Introdução à Ética Empresarial, Princípia Editora, Lisboa
  • Neves, J.C. (2004) Dois milhões de Anos de Economia, Universidade Católica Editora, Lisboa
  • Neves, J.C. e S. Rebelo (2001) O Desenvolvimento Económico em Portugal, Bertrand Editora
  • Henderson, David R. e J. C. Neves (eds) (2001) Enciclopédia de Economia, Principia, Lisboa
  • Neves, J.C. (2001) A Economia de Deus, Grifo e Principia, Lisboa
  • Neves, J.C. e F.A. Silva (1999) António Manuel Pinto Barbosa - Uma Biografia Económica, Editorial Verbo, Lisboa
  • Neves, J.C. (1998) Nobel da Economia - as primeiras três décadas, Principia, Lisboa
  • Neves, J.C. (1997) Princípios de Economia Política, Editorial Verbo
  • Neves, J.C. e S. Rebelo (1996) Executivos Interpelam Portugal: questões-chave da nossa economia, Editorial Verbo
  • Neves, J.C. (1995) Questões Disputadas 55 Perguntas Económicas do Nosso Tempo, Difusão Cultural
  • Neves, J.C. (1995) Uma Galeria de Arte - Grandes Marcos da História da Economia, Editorial Verbo, Lisboa
  • Neves, J.C. (1994) The Portuguese Economy A Picture in Figures, XIX and XX centuries, Universidade Católica Editora, Lisboa,
  • Neves, J.C.(1994) Economia, Colecção "O que é", Difusão Cultural, Lisboa (2a ed. 1995), Edição revista 2003
  • Neves, J.C.(1992) Introdução à Economia, Editorial Verbo, Lisboa (2ª ed. 1993, 3ª ed. 1995, ..., 9ª ed. 2011)
  • Cavaco Silva, A. e J.C. Neves (1992) Finanças Públicas e Política Macroeconómica, Universidade Nova de Lisboa, 2ª edição, Lisboa
  • Neves, J.C. (1990) Da Validade Científica do Conceito de Equilíbrio de Pobreza, Centro de Estudos Fiscais do Ministério das Finanças
  • Neves, J.C. (org.) (1985) Pobreza Perspectivas de Análise Pluridisciplinar, UCP, Lisboa

Referências

  1. «CATÓLICA-LISBON» 
  2. http://www.dn.pt/tag/nao-ha-almocos-gratis.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «As 10 Questões do Colapso». Wook. Consultado em 19 de março de 2019 
  4. Tavares, Elisabete (1 de novembro de 2016). «O colapso financeiro de Portugal, segundo João César das Neves». Expresso. Consultado em 19 de março de 2019 
  5. «As 10 questões para a (futura) derrocada financeira, segundo César das Neves». Observador. 20 de novembro de 2016. Consultado em 19 de março de 2019 
  6. Serra, Pedro (17 de fevereiro de 2017). «As 10 Questões do Colapso». Desumidificador. Consultado em 19 de março de 2019 
  7. Aguiar, Nuno; Peres Jorge, Rui (24 de março de 2017). «Défice de 2016 fica em 2,1% do PIB, o mais baixo desde 1974». Jornal de Negócios. Consultado em 19 de março de 2019 
  8. «Portugal sai do Procedimento por Défice Excessivo». Jornal de Notícias. 16 de junho de 2017. Consultado em 19 de março de 2019 
  9. Varzim, Tiago (14 de fevereiro de 2018). «Economia portuguesa cresce 2,7% em 2017, o maior crescimento desde 2000». Jornal de Notícias. Consultado em 19 de março de 2019 
  10. Suspiro, Ana (30 de janeiro de 2018). «César das Neves versus Louçã. O colapso afinal não chegou, mas vai chegar». Observador. Consultado em 19 de março de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.