João Paulo Borges Coelho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Paulo Borges Coelho
Nome completo João Paulo Constantino Borges Coelho
Nascimento 1955 (62 anos)
Porto,  Portugal
Nacionalidade Moçambique Moçambicano
Prémios Prémio José Craveirinha de Literatura (2005, 2006)

Prémio LeYa 2009

Género literário Romance, conto
Magnum opus As Duas Sombras do Rio

João Paulo Borges Coelho (Porto, 1955) é um historiador e escritor moçambicano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De seu nome completo João Paulo Constantino Borges Coelho, nasceu no Porto em 1955, filho de pai transmontano e mãe moçambicana, cedo foi viver com os pais para Moçambique, adquirindo a nacionalidade deste país.

Estudou em Moçambique,frequentando o Liceu Pêro de Anaia, na Beira, obtendo posteriormente um Doutoramento em História Económica e Social conferido pela Universidade de Bradford (Reino Unido) e uma Licenciatura em História conferida pela Universidade Eduardo Mondlane de Maputo, em Moçambique.

Acima de tudo, João Paulo Borges Coelho é um historiador. Ensina História Contemporânea de Moçambique e África Austral na Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo, e, como professor convidado, no Mestrado em História de África da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Tem-se dedicado à investigação das guerras colonial e civil em Moçambique, tendo publicado vários textos académicos em Moçambique, Portugal, Reino Unido, Espanha e Canadá.

Como escritor, estreou-se na ficção com ‘As Duas Sombras do Rio’ em 2003. Foi o vencedor do Prémio José Craveirinha, de 2005, atribuído em 28 de Março de 2006, com o seu livro ‘As Visitas do Dr. Valdez‘. Moçambique é o principal pano de fundo de todo o seu trabalho de ficção.

Foi galardoado com o Prémio Leya, no segundo ano da sua atribuição, pelo romance "O Olho de Hertzog". O prémio foi anunciado a 13 de Outubro de 2009.

Em 2012 recebeu um Doutoramento Honoris causa pela Universidade de Aveiro[1]

Bibliografia publicada[editar | editar código-fonte]

Para além de inúmeros trabalhos de ordem histórica, política e social publicou:

Banda desenhada[editar | editar código-fonte]

  • Akapwitchi Akaporo. Armas e Escravos, Maputo, Ed. do Instituto Nacional do Livro e do Disco, 1981.
  • No Tempo do Farelahi, Maputo, Ed. do Instituto Nacional do Livro e do Disco, 1984 (o autor assina apenas João Paulo)

Romance e novela[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Doutores honoris causa pela UA». Universidade de Aveiro. Consultado em 23 de Agosto de 2014. Cópia arquivada em 28 de Julho de 2014 
  • Curriculum Vitae: [1], visto em 3 de Maio de 2009
  • Estudo: [2], visto em 3 de Maio de 2009
  • Bibliografia: [3], visto em 26 de Julho de 2017
  • Entrevista para o Expresso África em 13 de abril de 2006: [4], visto em 3 de Maio de 2009