João Pedro Stédile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
João Pedro Stedile
João Pedro Stedile em Brasília, 2004
Nascimento 25 de dezembro de 1953 (67 anos)
Lagoa Vermelha, RS
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Economista e ativista
Página oficial
https://twitter.com/stedile_mst

João Pedro Stedile (Lagoa Vermelha, 25 de dezembro de 1953) é um economista e ativista social brasileiro. É graduado em economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e pós-graduado pela Universidade Nacional Autônoma do México. Atua na causa da Reforma Agrária, Agroecologia e das causas populares. É irmão do político José Luiz Stédile.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Descendente de camponeses imigrantes da província de Trento, desde jovem atuou na organização de trabalhadores rurais no Rio Grande do Sul. Ainda sob a Ditadura Militar, atuou nos sindicatos no meio rural, assessorou a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e auxiliou a mobilização de trabalhadores sem terra na luta pela Reforma Agrária. Em 1984, participou da fundação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) onde atua até hoje.

Atualmente é membro do coletivo da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e contribui com diversas articulações internacionais de movimentos sociais, como a Via Campesina, a Assembleia Internacional dos Povos (AIP) e ALBA Movimentos. Também participa do Encontro dos Movimentos Populares com o Papa Francisco.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Recebeu a Medalha Mérito Legislativo, concedida a personalidades brasileiras ou estrangeiras que realizaram ou realizam serviço de relevância para a sociedade. A indicação partiu do deputado federal Brizola Neto (PDT/RJ), líder da bancada do seu partido na Câmara, como uma forma de trazer a reflexão à luta pela terra e o uso que vem sendo feito dela. Para Brizola Neto, a indicação é uma homenagem mais do que merecida. "A medalha será um símbolo para o Congresso Nacional, que tomou essa iniciativa, mesmo com alguns tentando criminalizar as ações do movimento.". Ele diz ainda que a contribuição que Stédile deu ao país é a luta que vem travando nesses anos todos pela terra.[2]

Em 2015, foi homenageado com a Medalha da Inconfidência, mais alta comenda concedida pelo Governo de Minas Gerais.[3]

Em 2018, recebeu da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o Prêmio Santo Dias de Direitos Humanos.[4]

João Pedro Stédile (Brasília, 2004)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Stedile é autor ou co-autor de diversos livros sobre a questão agrária.

  • Assentamentos: Uma Resposta Econômica da Reforma Agrária. Co-autoria com Frei Sérgio Görgen. Ed.Vozes, 1992. Petrópolis.
  • A Luta pela Terra no Brasil. Co-autoria com Frei Sérgio Görgen. Ed.Scritta, 1993. São Paulo.
  • A Questão Agrária na década de 90. Editora da Universidade (UFRGS) Porto Alegre. 3ª ed. 1994
  • A Questão Agrária no Brasil. Editora Atual - SP  1997 -Livro para-didático para ensino médio. Já está na 13ª edição. A edição foi comprada pela editora SARAIVA e em agosto de 2011 foi reeditado com uma edição atualizada e revisada, em 2012.
    • A Reforma Agrária e a Luta do MST. Organizador - Ed.Vozes  Petrópolis, 1997. Rio de Janeiro.
  • Brava Gente: a Trajetória do MST e a Luta Pela Terra no Brasil, com Bernardo Mancano Fernandes. Editora Perseu Abramo, 1999. São Paulo.
  • A história e natureza das Ligas Camponesas. Organizador. Editora Expressão Popular, 2002. São Paulo
  • Ruy Mauro Marini: Vida e Obra, com Roberta Traspadini. São Paulo. Editora Expressão Popular, 2005. São Paulo.
  • A Questão Agrária no Brasil: de 1500 aos dias atuais (9 volumes). Editora Expressão Popular, 2013. São Paulo
  • Bibliografia básica da questão agrária brasileira. Resenha dos 100 principais livros da questão agrária brasileira. Editora da Universidade Federal do Ceará, 2005. Fortaleza.
  • Sandino. Vida e Obra. Editora Expressão Popular, 2008. São Paulo.
  • Experiências históricas da Reforma Agrária no mundo. Editora Expressão Popular, 2020. São Paulo.
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: João Pedro Stédile

Referências

  1. Rodrigo Vianna (ed.). «Stedile encontra papa Francisco». Revista Fórum. Consultado em 6 de novembro de 2014 
  2. Antonio Cechin (ed.). «Homenagem a João Pedro Stedile». Carta Maior. Consultado em 4 de dezembro de 2010 
  3. Paulo Henrique Amorim (ed.). «A medalha da Inconfidência e a insatisfação da elite mineira». Conversa Afiada. Consultado em 29 de abril de 2015 
  4. ALSP (ed.). «Prêmio Santo Dias de Direitos Humanos comemora 21ª edição». Assembleia Legislativa de São Paulo. Consultado em 12 de dezembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]