João Tzelepes Comneno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João Tzelepes Comneno
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação Comandante militar
Religião Catolicismo

João Tzelepes Comneno (em grego: Ἰωάννης Κομνηνὸς Τζελέπης; transl.: Ioánnes Komnenós Tzelépes) foi um nobre bizantino do século XII, filho de Isaac Comneno, o filho do imperador bizantino Aleixo I Comneno (r. 1081–1118).[1] Acredita-se que o nome "Tzelepes" seja uma variação grega do túrquico honorífico Çelebi, um termo indicando nascimento nobre ou "conduta cavalheiresca".[2] Os sultões otomano, notadamente Maomé II, o Conquistador, alegou descender de João Comneno.[1]

Em 1130, conspirou ao lado de seu pai para derrotar João II Comneno (r. 1118–1143), o imperador à época e irmão de Isaac. Eles fizeram vários planos e alianças com o líder danismendida e outros turcos que controlavam partes da Ásia Menor. Em 1138, João e seu pai conciliaram-se com o imperador, e receberam perdão total. Em 1139, João acompanhou o imperador em campanha na Ásia Menor. Em 1140, no cerco de Neocesareia, ele desertou. Como Norwich coloca, ele o fez por "abraçar simultaneamente o credo do Islã e a filha do sultão seljúcida Maçude I (r. 1116–1156)".[1][3]

Referências

  1. a b c Norwich 1996, p. 81-82.
  2. Brand 1989, p. 20.
  3. Nicetas Coniates 1984, p. xxiv.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Brand, Charles M. (1989). «The Turkish Element in Byzantium, Eleventh-Twelfth Centuries». Dumbarton Oaks Papers. 43 
  • Nicetas Coniates (1984). Magoulias, Harry J., ed. O city of Byzantium: annals of Niketas Choniatēs. [S.l.]: Wayne State University Press. ISBN 0814317642 
  • Norwich, John Julius (1996). Byzantium: The Decline and Fall. Nova Iorque: Alfred A. Knopf. ISBN 0-679-41650-1