João de Laet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João de Laet
Nascimento 1581
Antuérpia
Morte 1649 (68 anos)
Leida
Nacionalidade Países Baixos Neerlandês
Campo(s) Geografia

João de Laet (Joannes ou Johannes de Laet; Antuérpia, 1581Leida, 1649) foi um geógrafo neerlandês e diretor da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais.

Filho de um rico comerciante, nasceu na Antuérpia em 1581 mas cedo mudou-se a Leida, onde estudou entre 1597 e 1599. Estabeleceu contatos com grandes personagens da época, como o teólogo humanista Joseph Justus Scaliger. Em 1618–1619, participou do Sínodo de Dort da Igreja Reformada Neerlandesa, na cidade de Dordrecht. Em 1621 foi nomeado diretor da recém-criada Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, tornando-se uma das pessoas mais influentes na Companhia.

Como geógrafo e etnógrafo, escreveu descrições de países como França (1629), Espanha (1629), Bélgica (1630), Turquia (1630) e Portugal (1642). de Laet manteve uma acirrada polêmica com Hugo Grócio sobre a origem dos povos ameríndios, que Grócio considerada serem descendentes de noruegueses, etíopes e chineses. A polêmica resultou numa troca de opiniões entre os dois estudiosos na década de 1640.

Suas principais obras[1] estão ligadas ao seu trabalho na Companhia das Índias Ocidentais. Publicou uma Descrição do Novo Mundo (Nieuwe Wereldt ofte beschrijvinghe van West-Indien, Leida, 1625). Sobre o Brasil tem:

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Biografia de João de Laet [1] (em holandês)