Joana França Stockmeyer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Joana França Stockmeyer foi a primeira mulher admitida no Serviço Público Federal, no Brasil.

Serviu na Imprensa Nacional, como monotipista, onde exerceu funções desde a data de seu ingresso no serviço público (1892) até à sua aposentadoria, em 1944.

Foi declarada "Patrona da Servidora Pública Brasileira" por Decreto de 5 de março de 2008, publicado no Diário Oficial da União em 6 de março de 2008.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.