Joana de Hesse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joana de Hesse
Princesa de Hesse e do Reno
 
Casa Hesse-Darmstadt
Nascimento 20 de setembro de 1936
Darmstadt, Hesse, Alemanha
Morte 14 de junho de 1939 (2 anos)
Darmstadt, Hesse, Alemanha
Sepultamento Rosenhöhe, Darmstadt, Alemanha
Pai Jorge Dunatos de Hesse
Mãe Cecília da Grécia e Dinamarca

Joana Marina Leonor de Hesse e do Reno (em alemão: Johanna Marina Eleonore; 20 de setembro de 1936 - 14 de junho de 1939) foi a terceira criança e única filha do grão-duque Jorge Donatus, e da sua esposa, a princesa Cecília da Grécia e Dinamarca, irmã do príncipe Filipe, Duque de Edimburgo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Perdeu os pais e irmãos num acidente de avião quando tinha 14 meses e foi adoptada pelo seu tio Luís de Hesse e pela sua esposa, Margaret Geddes.

O casal planeava criar a sua sobrinha como se fosse a sua própria filha, mas ela sofreu um grave ataque de meningite e morreu 20 meses depois dos pais, aos dois anos e meio. A sua avó materna, a princesa Alice de Battenberg, disse mais tarde que Joana se parecia tanto com a sua falecida mãe Cecília que foi como se ela tivesse morrido pela segunda vez.

Após a sua morte, Joana foi enterrada junto da sua família em Rosenhohe. O seu tio Luís e a sua tia Margaret nunca conseguiram ter um filho biológico.

Maldição de família[editar | editar código-fonte]

Algumas pessoas consideram que a família real de Hesse sofre de uma maldição devido ao grande número de mortes prematuras que nela ocorreram. Joana era um sobrinha-neta da czarina Alexandra Feodorovna e da grã-duquesa Isabel Feodorovna, ambas assassinadas com outros membros da família Romanov durante a Revolução Russa de 1917. [carece de fontes?]

A sua bisavó Alice e a sua tia-avó Maria morreram de difteria durante uma onda que afectou o grão-ducado de Hesse-Darmstadt em 1878.

Uma tia, a princesa Isabel de Hesse, morreu de febre tifoide quando tinha 8 anos, apesar de, na altura, ter corrido o rumor de que ela tinha comido do prato envenenado do seu tio Nicolau II da Rússia.

Um dos tios-avós de Joana, Luís Mountbatten, foi morto em 1979 pelo Exército Republicano Irlandês juntamente com o seu neto Nicolau Knatchbull de 14 anos e a sogra da sua filha Doreen Knatchbull, Baronesa de Brabourne.

As mortes prematuras continuaram na geração seguinte, quando Leonora Knatchbull, uma bisneta de Luís Mountbatten, morreu aos 5 anos de idade com um tumor no rim em 1991.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.