Joanna de Ângelis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Joanna de Ângelis.

Joanna de Ângelis é uma suposta entidade ou espírito, tratada pelo médium espírita brasileiro Divaldo Franco como sua guia espiritual. À entidade é atribuída a autoria grande parte das obras alegadamente psicografadas pelo médium.[1]

A obra atribuída a Joanna de Ângelis é composta por dezenas de livros, muitos deles traduzidos para diversos idiomas, versando sobre temas existenciais, filosóficos, religiosos, psicológicos e transcendentais. Dentre as obras atribuídas à entidade, destacam-se as da Série Psicológica, composta por doze livros, nos quais a entidade estabelece uma ponte entre a Doutrina Espírita e as modernas correntes da psicologia, em especial a transpessoal e junguiana.[1][2]

As encarnações de Joanna de Ângelis[editar | editar código-fonte]

Segundo Divaldo Franco, em sua primeira manifestação, a 5 de dezembro de 1945, Joanna de Ângelis se apresentou com o epíteto "um Espírito amigo", que por muitos anos teria sido um pseudônimo utilizado por ela.[3]

Atribuem-se ainda a ela as seguintes personalidades históricas:[4][5][6]

  • Joana de Cusa, seguidora de Jesus que, segundo a obra de Divaldo Franco, teria sido mártir cristã.
  • Santa Clara de Assis (1194-1253), que viveu no século XIII, seguidora de São Francisco de Assis e fundadora da Ordem das Clarissas.
  • Juana Inés de La Cruz (1651-1695), pseudônimo religioso da poetisa mexicana Juana de Asbaje, que viveu durante o século XVII.
  • Joanna Angélica de Jesus (1761-1822), também sóror e depois abadessa que viveu no início do século XIX e protagonizou doloroso drama na Independência da Bahia.

Principais obras[editar | editar código-fonte]

Dentre os livros alegadamente psicografados por Divaldo Franco, que trazem a assinatura de Joanna de Ângelis, sobressaem:


Da sua Série Psicológica:[7]

  • Jesus e Atualidade - 1989
  • O Homem Integral - 1990
  • Plenitude - 1991
  • Momentos de Saúde e Consciência - 1992
  • O Ser Consciente - 1993
  • Autodescobrimento: Uma Busca Interior - 1995
  • Desperte e seja feliz - 1996
  • Vida: Desafios e Soluções - 1997
  • Amor, imbatível amor - 1998
  • O Despertar do Espírito - 2000
  • Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda - 2000
  • Triunfo Pessoal - 2002
  • Conflitos Existenciais - 2005
  • Encontro com a paz e a Saúde - 2007
  • Em Busca da Verdade - 2009
  • Psicologia da Gratidão - 2011

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b de Almeida, Alexander Moreira. (2004). Fenomenologia das experiências mediúnicas, perfil e psicopatologia de médiuns espíritas. São Paulo: Faculdade de Medicina da USP.
  2. Lewgoy, Bernardo (10 de outubro de 2011). «Uma religião em trânsito: o papel das lideranças brasileiras no novo espiritismo transnacional» (PDF). Ciencias Sociales y Religión/Ciências Sociais e Religião (14): 93–117. ISSN 1982-2650. doi:10.22456/1982-2650.19958. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  3. Schubert, Suely Caldas (1989). O Semeador de Estrelas. Salvador: LEAL.
  4. Lewgoy, Bernardo (julho de 2008). «A transnacionalização do espiritismo kardecista brasileiro: uma discussão inicial». Religião & Sociedade (1): 84–104. ISSN 0100-8587. doi:10.1590/S0100-85872008000100005. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  5. Santos, Celeste; Franco, Divaldo (1987). A veneranda Joanna de Ângelis. Salvador: LEAL.
  6. Alves, Cristiano Evaristo da Rosa (2016). Economia das Disposições: Relações de Relevância e Reconhecimento numa Abordagem das Mulheres no Espiritismo. Porto Alegre: PUC-RS
  7. Resende, Ana Maria (2017). Projeto Piloto de Glossário Bilíngue de Termos Especializados Extraídos da Série Psicológica Joanna de Ângelis. Brasília: UNB.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]