Joaquim Rui Paulilo Bacelar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2017)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Joaquim Rui Paulilo Bacelar
Vereador de Entre Rios
Período 1963 - 1967
Deputado estadual pela Bahia Bahia
Período 1967 - 1971
Deputado federal pela Bahia Bahia
Período 1971 - 1987
Senador pela Bahia Bahia
Período 1987 - 1995
Dados pessoais
Nascimento 25 de outubro de 1935 (82 anos)
Entre Rios (BA)
Partido UDN, ARENA, PDS, PMDB

Joaquim Rui Paulilo Bacelar (Entre Rios, 25 de outubro de 1935) é um engenheiro e político brasileiro que representou o estado da Bahia no Congresso Nacional.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de João de Souza Bacelar e Helena Paulilo Bacelar. Engenheiro Civil formado pela Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia em 1960 com Especialização em Pavimentação Rodoviária pelo Instituto de Pesquisas Rodoviárias (IPR) e pelo Departamento Nacional de Estradas e Rodagem (DNER) e curso sobre Highway Engineering no Bureau of Public Roads nos Estados Unidos. Estreou na política como vereador em Entre Rios pela UDN na eleição de 1962, cidade onde presidiu também a Cooperativa Agrícola Mista. Ingressou na ARENA com o bipartidarismo e foi eleito deputado estadual em 1966 e deputado federal em 1970, 1974 e 1978 sendo reeleito pelo PDS em 1982. Com a implantação da Nova República em 1985 figurou entre os fundadores do PFL,[1] porém tal fato não o impediu de buscar abrigo no PMDB pelo qual foi eleito senador em 1986.[2] Seu irmão, João Carlos Bacelar foi deputado estadual e deputado federal pela Bahia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. Conforme assevera a Assembléia Legislativa da Bahia.
  2. De acordo com o arquivo on line do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) foi o mais votado do estado com 1.932.027 votos.


Precedido por
Lomanto Júnior
Senador pela Bahia
19871995
Sucedido por
Antônio Carlos Magalhães
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.