Joaquim Távora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Joaquim Távora (desambiguação).
Município de Joaquim Távora
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 21 de setembro
Fundação 1929 (88 anos)
Gentílico tavorense
Prefeito(a) Gelson Mansur Nassar (PSDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Joaquim Távora
Localização de Joaquim Távora no Paraná
Joaquim Távora está localizado em: Brasil
Joaquim Távora
Localização de Joaquim Távora no Brasil
23° 29' 56" S 49° 54' 18" O23° 29' 56" S 49° 54' 18" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Norte Pioneiro Paranaense IBGE/2008[1]
Microrregião Wenceslau Braz IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Jacarezinho, Ribeirão Claro, Carlópolis, Siqueira Campos, Quatiguá, Guapirama, Santo Antônio da Platina
Distância até a capital 341[2] km
Características geográficas
Área 289,173 km² [3]
População 10 735 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 37,12 hab./km²
Altitude 620 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,755 alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 118 737,604 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 11 136,52 IBGE/2008[6]
Página oficial

Joaquim Távora é um município brasileiro do estado do Paraná.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Homenagem a tenente Joaquim Távora, um dos líderes da Revolução de 1924, em São Paulo que morreu durante os combates. Etimologicamente, Joaquim provém do hebraico "Iehoyachim"...o elevado de Deus, enquanto que Távora designa rio e topônimo de Portugal.

História[editar | editar código-fonte]

Paulistas e mineiros movimentaram a região do atual município a partir de meados do século XIX. Antes disso, estas paragens eram habitadas por hordas de nações indígenas. A história registra muitas ações desenvolvidas por conta do convívio dos primeiros exploradores e colonizadores com os silvícolas.

Remonta ao ano de 1915 a fundação do núcleo original, que resultou no atual município de Joaquim Távora. Naquela época, a região era parte integrante da Fazenda Jaboticabal de Barra Grande, de João Ayres e Job Ayres Dias.

Quem muito contribuiu para o crescimento do lugar foi o capitão Miguel Dias, principal povoador do núcleo colonizador, e grande produtor de café, secundado pelas famílias de Joaquim Fonseca, Jerônimo Vaz Vieira e Antônio Joaquim Vieira. Daniel Dias, irmão do capitão Miguel Dias, foi o principal fundador de Guapirama.

Com a denominação de Barra Grande, o povoado florescia e recebeu contingente populacional com a chegada da estrada de ferro à região. Outro fator de importância para o desenvolvimento regional foi a excelente qualidade de suas terras.

Quando se tornou distrito de Santo Antônio da Platina o povoado recebeu denominação de Afonso Camargo, numa homenagem ao então presidente do Estado, dr. Affonso Alves de Camargo.

Pela Lei Estadual nº 2.645, de 10 de abril de 1929, foi criado o município de Afonso Camargo. A instalação oficial se deu em 21 de setembro do mesmo ano. Um dos principais líderes do movimento que resultou na emancipação política da localidade, foi o capitão Miguel Dias e dentre outras pessoas, o vereador Herculano Chaves Madureira.

A Revolução de 1930 trouxe mudanças para o município e sua denominação, por força do Decreto Estadual nº 332, de 6 de novembro de 1930, foi alterada para Joaquim Távora, em homenagem ao antigo político que se alinhou a Getúlio Vargas, e o nome da estação ferroviária, em homenagem a este último, passou a ser Getúlio Dornelles Vargas.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área é de 289 km² representando 0,1451 % do estado, 0,0513 % da região e 0,0034 % de todo o território brasileiro. Localiza-se a uma latitude 23°29'56" sul e a uma longitude 49°54'18" oeste, estando a uma altitude de 620 m. Sua população estimada em 2005 era de 14 326 habitantes.[carece de fontes?]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

População total: 10.736

  • Urbana: 8.220
  • Rural: 2.516
  • Homens: 5.321
  • Mulheres: 5.415

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,755

  • IDH-M Renda: 0,663
  • IDH-M Longevidade: 0,766
  • IDH-M Educação: 0,835

Administração[editar | editar código-fonte]

Ensino[editar | editar código-fonte]

Em 2013, alunos do município tiveram ótimo desempenho, em escolas públicas do Paraná, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática[7].

Esporte[editar | editar código-fonte]

A cidade de Joaquim Távora possuiu um clube no Campeonato Paranaense de Futebol, o Clube Esportivo e Recreativo Tavorense [8]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. «Joaquim Távora a Curitiba». Consultado em 07 de Setembro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  7. Boas lições que vêm do interior caderno Vida e Cidadania - Jornal Gazeta do Povo edição de 31 de março de 2013
  8. http://www.rsssfbrasil.com//tablesfq/pr1961.htm

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.