Joaquim de Nossa Senhora da Nazaré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joaquim de Nossa Senhora da Nazaré
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Coimbra

Título

Conde de Arganil
Atividade Eclesiástica
Ordem Franciscanos
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 4 de setembro de 1815
Ordenação episcopal 3 de novembro de 1816
por José Caetano da Silva Coutinho
Dados pessoais
Nascimento Nazaré
12 de maio de 1775
Morte Maranhão
31 de agosto de 1851 (76 anos)
Funções exercidas Bispo-prelado de Moçambique
Bispo do Maranhão
Títulos anteriores bispo-titular de Leontopolis in Bithynia
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Joaquim de Oliveira e Abreu, D. Frei Joaquim de Nossa Senhora de Nazaré O.F.M. (Nazaré, Nazaré, 12 de Maio de 1775 - Maranhão, 31 de Agosto de 1851), religioso franciscano da província da Arrábida.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 17 de Dezembro de 1811, foi nomeado prelado do Moçambique e em 4 de setembro de 1815, apontado como bispo-titular de Leontopolis in Bithynia, sendo consagrado em 3 de novembro de 1816 por Dom José Caetano da Silva Coutinho, bispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, tendo como co-consagrantes a Dom Antônio de São José Bastos, O.S.B., bispo de Olinda e Dom Bartolomeu dos Mártires de Maia, O.C.D., bispo de São Tomé.[1]

Em 31 de Outubro de 1818 foi eleito bispo do Maranhão, sendo confirmado em 23 de Agosto de 1819 e, em 3 de Maio de 1824, foi transferido para a diocese de Coimbra,[1] pelo facto de não ter querido aderir à independência do Brasil[2].

Foi par do Reino a seguir à Carta Constitucional de 1826, mas, em 1828, viria a aderir ao golpe de Estado de D. Miguel, cuja causa miguelista defenderia ao longo da sua vida de forma inequívoca.

A seguir à Convenção de Évora Monte, foi preso em Lisboa, onde se manteve algum tempo, até que deixou definitivamente o país em direcção a Londres e posteriormente ao Maranhão, onde faleceu em 31 de Agosto de 1851.

Além das cartas pastorais como por exemplo a "Pastoral de 25 de Outubro de 1824", a "Pastoral de 12 de Maio de 1826" e a "Pastoral de 31 de Agosto de 1824"[2], escreveu ainda uma tradução do Novo Testamento, conforme a vulgata latina, traduzido em português e anotado; o texto latino acompanhava a versão.

No Conimbricense, surgem vários artigos da autoria de Joaquim Martins de Carvalho e que abordam não só o cisma na diocese de Coimbra, mas também de outros temas relacionados com a crise da Igreja em Portugal no século XIX. como a extinção das ordens religiosas, o caso da isenção dos Crúzios, etc[3].

Referências

  1. a b Catholic Hierarchy
  2. a b Rodrigues, Manuel Augusto (1981). «A hierarquia da Igreja e o liberalismo. O bispo de Coimbra D. Fr. Joaquim de Nossa Senhora da Nazaré (1776-1851), no contexto da sua época» (pdf). Editado pelo Centro de Estudos de História Contemporânea Portuguesa. Estudo Geral - Repositório Digital da Universidade de Coimbra. Consultado em 25 de Setembro de 2014 
  3. Sobre D. Joaquim da Nazaré, vide Fortunato de Almeida, His­tória da Igreja em Portugal, op. cit.: Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, XVIII, 512: Inocêncio, IV, 137-138; XII. 121; Esteves Pereira-Gonçalves Rodrigues, A Nação, de 22 de Outubro de 1851 (n." 1215) (com uma extensa biografia do bispo Nazaré) - A hierarquia da Igreja e o liberalismo. O bispo de Coimbra D. Fr. Joaquim de Nossa Senhora da Nazaré (1776-1851), no contexto da sua época, Rodrigues, Manuel Augusto, Centro de Estudos de História Contemporânea Portuguesa, Sep. das Comunicações ao Colóquio organizado pelo Centro de Estudos de História Contemporânea Portuguesa sobre "O Liberalismo na Península Ibérica da primeira metade do século XIX", 1981

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Vasco José Lobo, C.R.S.A.
BishopCoA PioM.svg
Bispo de Moçambique

18111819
Sucedido por
Bartolomeu dos Mártires de Maia, O.C.D.
Precedido por
Luís Brito Homem
BishopCoA PioM.svg
Bispo do Maranhão

18191824
Sucedido por
Marcos Antônio de Sousa
Precedido por:
D. Frei Francisco de São Luís Saraiva
BishopCoA PioM.svg
Bispo de Coimbra

1824 - 1851
Sucedido por:
D. Manuel Bento Rodrigues da Silva
Conde de Arganil
Conde de Arganil

1824 - 1851