Joe Gaetjens

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joe Gaetjens
Informações pessoais
Nome completo Joseph Edouard Gaetjens
Data de nasc. 19 de março de 1924
Local de nasc. Porto Príncipe, Haiti
Falecido em 10 de julho de 1964 (40 anos)
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
Haiti Etoile Haïtienne
Seleção nacional
1950 Flag of the United States.svg Estados Unidos 3 (1)

Joseph Édouard Gaetjens, mais conhecido como Joe Gaetjens (Porto Príncipe, 19 de março de 192410 de julho de 1964), foi um futebolista haitiano e jogador da Seleção dos Estados Unidos na Copa do Mundo de 1950, no Brasil.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho de mãe haitiana e pai belga, emigrou para Nova York na década de 1940. Foi o autor do gol da vitória estadunidense por 1 a 0 sobre a Inglaterra, tida como uma das maiores zebras de todas as Copas. Após a disputa, foi para a França, onde atuou no Troyes.[1]

Joe Gaetjens jogou pela seleção haitiana nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 1954, contra o México, em 27 de Dezembro de 1953. Anos mais tarde, Gaetjens, mesmo nunca tendo se envolvido com política, seria capturado em 1964 pela ditadura de Papa Doc Duvalier, apenas por trabalhar para um de seus rivais políticos: sequestrado pelos Tonton Macoute, a polícia da ditadura haitiana, foi, provavelmente, morto por este esquadrão da morte, nunca mais tendo sido visto vivo.

No filme The Game of Their Lives, que retrata a história por trás do jogo entre EUA e Inglaterra na Copa de 1950, Gaetjens é mostrado como cozinheiro de um restaurante posteriormente acrescentado à seleção estadunidense, já convocada, por sugestão de Walter Bahr. Foi interpretado pelo ator haitiano Jimmy Jean-Louis, que interpretou o personagem O Haitiano na série de TV Heroes e um africano em famosa cena do filme erótico A Magia de Emmanuelle.

Referências

  1. «Elenco na Copa de 50». Consultado em 13 de fevereiro de 2016