Jogo do Senta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jogo do Senta
Evento Campeonato Carioca de Futebol de 1944
Data 10 de Setembro de 1944
Local Estádio de General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro Aristides "Mossoró" Figueira

Jogo do Senta é como ficou conhecida uma partida de futebol, válida pelo Campeonato Carioca e realizada em 10 de Setembro de 1944 (um domingo), entre Botafogo e Flamengo.

O certame ganhou esta alcunha após os jogadores rubro-negro terem protestado contra a validação de um gol alvinegro. O então vice-presidente do Flamengo mandou os jogadores saírem de campo. Eles se recusaram e somente aceitaram não dar a saída após a validação do gol pelo juiz. Alguns jogadores rubro-negros se sentaram no gramado e por isso a partida passou à História como o "jogo do senta".

Apesar disso, o Flamengo se sagrou o campeão desse ano sofrendo acusações de ter sido beneficiado pela arbitragem em alguns jogos, principalmente contra o Bangu e o São Cristóvão. Inclusive contra o Vasco da Gama, que só não foi campeão do Campeonato Carioca de Futebol de 1944 pela diferença de um gol, que deu ao Flamengo o título daquele ano. [1] [2]

O Jogo[editar | editar código-fonte]

O primeiro tempo foi duro e terminou com vantagem de 2 a 1 para o Botafogo, gols de Heleno e Valsecchi. Na etapa final, animado por sua torcida, o Botafogo chegou a colocar 4 a 1 (Valter e Heleno), o Flamengo diminuiu para 4 a 2 (Jarbas) mas, aos 31 minutos, Geninho chutou, a bola bateu no travessão, quicou no gramado e retornou para o campo. O ponta botafoguense Lula entrou cabeceando. Ao mesmo tempo, o zagueiro rubro-negro Jayme entrou chutando bola, cabeça do Lula e o que mais estava no lance, para longe da meta. O árbitro assinalou gol.

Segundo o trecho do que está na matéria do jornal O Globo, de 11 de setembro de 1944, página 2, da edição matutina: “Geninho, ao receber o passe de Heleno, emendou a pelota, que foi em direção às redes. Devido à rapidez do lance, não se sabe ao certo o que ocorreu”.[4]

Para o jornal Esporte Ilustrado, a bola chutada por Geninho batera na parte inferior do travessão e quicara dentro do gol para depois sair. Porém, para os jogadores, e dirigentes do Flamengo, não havia dúvidas: a bola quicara fora do gol.

No dia seguinte, os jornais, no comentário sobre o juiz, garantiram que ele estava longe do lance e que não tinha condições físicas para correr os dois tempos. O fato é que a dúvida ficará para sempre, afinal, na época, nem mesmo as mais velozes máquinas fotográficas captaram o lance.[5]

Revoltado, o vice-presidente do Flamengo, ordenou a retirada de campo, mas acabou aceitando a recusa em reiniciar o jogo. Na foto publicada nO Globo, vê-se alguns jogadores sentados, outros de pé, aguardando o juiz apitar o final do certame. Quando o tempo se escoou, levantaram-se e retiraram-se cabisbaixos para os vestiários. Na súmula, o árbitro Mossoró anotou o gol de Geninho, exatamente aos 31 minutos, e o resultado da partida foi homologado pela Federação como 5 a 2 para o Botafogo.[5].

Em setembro de 2013, o jornalista Marco Santos escreveu no blog Fim de jogo, na coluna "E aí é uma outra história", um relato sobre este famoso jogo.[5]

Em setembro de 2014 foi lançado em General Severiano pela Editora Livros de Futebol o livro "Jogo do Senta, a verdadeira origem do chororô", do jornalista e professor universitário Paulo Cezar Guimarães.

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

10 de Setembro de 1944 Botafogo 5 – 2 Flamengo Estádio de General Severiano, Rio de Janeiro Brasil
15h15min[4]
Heleno de Freitas Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20'
Valsecchi Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Valter Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68'
Heleno de FreitasGol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Geninho Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76'
Relatório Jaime de Almeida Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30'
Jarbas Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Árbitro: Aristides "Mossoró" Figueira
Botafogo 1943.png
GK 1 Ari
Z ' Laranjeira
Z ' Ladislau
M ' Ivan
M ' Papeti
M ' Negrinhão
A ' Lula
A ' Geninho
A 10 Heleno de Freitas
A ' Valsecchi Argentina
A ' Valter
Treinador:
G 1 Jurandir
Z ' Newton
Z ' Quirino
M ' Biguá
M ' Bria
M ' Jaime de Almeida
A ' Nilo
A 10 Zizinho
A ' Pirillo
A ' Sanz
A ' Jarbas
Treinador:
Flávio Costa

Pós-Jogo[editar | editar código-fonte]

  • Esse jogo quebrou uma sequência de 6 jogos sem vitória do Botafogo neste confronto no Campeonato Carioca.[6]

Referências

  1. Site Casaca! Texto "A Fuga", de 19/05/2012. Acesso em 08/05/2015.
  2. Site wikipedia! Texto "Club de Regatas Vasco da Gama". Acesso em 10/11/2015.
  3. falaglorioso.com.br/ Livro sobre “Jogo do Senta” já tem título
  4. a b fimdejogo.com.br/ “Aí É Outra História”: O Flamengo Sentou Em Campo Contra o Botafogo?
  5. a b portoroberto.blog.uol.com.br/ O Jogo do Senta
  6. futpedia.globo.com/ Botafogo 5x2 Flamengo 1944

Links Externos[editar | editar código-fonte]