Jogos Ístmicos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em honra a Poseidon, a cada dois anos eram promovidos os Jogos Ístmicos, que tiveram extraordinária importância e esplendor na antiga Hélade. Eram realizados no Istmo de Corinto, ponto de ligação entre a Grécia continental e o Peloponeso. Esses torneios recebiam um grande número de participantes e espectadores, levando-se em consideração o fato de Corinto ser um dos mais importantes centros comerciais e de diversões daquele tempo. [1] [2]

Não se sabe a data em que os Jogos Ístmicos começaram a ser disputados. Embora não haja referência à organização, administração ou esportes praticados, desenhos da época levam os historiadores a crer que nestes jogos eram disputadas provas hípicas, atléticas, musicais, literárias e náuticas. A partir de 580 a.C. os concursos de poesia e música passaram a ser acessíveis também às mulheres. Em um destes, Píndaro, grande poeta lírico, foi derrotado cinco vezes pela poetisa Corina. Os vencedores dos Jogos Ístmicos recebiam como prêmio uma palma e uma coroa de folhas de pinheiro.

Muitas festas e espetáculos solenes eram realizados em tributo do divino Senhor dos Mares, sendo que os do Istmo de Corinto e do Circo de Roma eram-lhe especialmente consagrados sob o nome de Hípio.

Referências

  1. Pseudo-Apollodorus, Bibliotheca 3.4.3; Pausanias, Description of Greece 2.1.3, 1.44.8. Para mais informações, ver E.R. Gebhard & M.W. Dickie, Melikertes-Palaimon, Hero of the Isthmian Games.
  2. “… the Isthmia lament Melicertes …” (… Μελικέρτην ὀδύρεται τὰ Ἴσθμια …: Eusebius, Preparation for the Gospel 2.6 (= Clemens, Protrepticus 2.34.1).