Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2023

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sports icon.png
Este artigo ou seção contém informações sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
É provável que contenha informações de natureza especulativa, e seu conteúdo pode mudar drasticamente à medida que novas informações estiverem disponíveis.
IV Olimpíada de Verão da Juventude
Jogos Olímpicos da Juventude de 2023
Dados
País anfitrião TBA
Cerimônia de abertura TBA
Cerimônia de encerramento TBA
Estádio principal TBA
◄◄ Buenos Aires 2018 {{{evento}}} TBA 2027 ►►

Os Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2023 vão ser a quarta edição dos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude, festival internacional desportivo, educacional e cultural para os adolescentes. A cidade-sede vai ser designada pelo Comité Olímpico Internacionali(COI) e eleita na 130ª Sessão do COI, em Lima, Peru, a 13 de Setembro de 2017.

O evento estava originalmente planeado para 2022, mas na 127ª Sessão do COI decidiu-se passar as Olimpíadas da Juventude para anos não Olímpicos (sem Jogos de Inverno ou de Verão seniores). O esquema começa a ser aplicado nest edição dos JOJ, que passa de 2022 para 2023.[1]

Candidaturas que demonstraram interesse[editar | editar código-fonte]

Depois de acolher os Jogos Africanos da Juventude de 2014 na capital e maior cidade do Botsuana, o Comité Olímpico Nacional do Botsuana tenciona candidatar-se a outras competições, como os Campeonatos Africanos de Atletismo, os Campeonatos Africanos de Natação e as Olimpíadas da Juventude de 2023[2] Lassana Palenfo, presidente da Associação de Comités Olímpicos Nacionais da África, sugeriu uma candidatura africana conjunta entre África do Sul, Angola e Botsuana.[3]

Em 2015 Pang Chung, ex-secretário-geral da Federação Desportiva e Comité Olímpico de Hong Kong, que ainda é conselheiro do organismo, afirmou que as Olimpíadas da Juventude de 2023 seriam perfeitas para Hong Kong. Disse também que os Jogos Este-Asiáticos de 2009 mostraram que a cidade pode acolher uns Jogos bem-sucedidos. Realça ainda o impacto acrescido do desporto na região ao ser sede dos JOJ 2023 caso a China acolha os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022. Hong Kong já apresentou uma candidatura aos Jogos Asiáticos de 2006 e não conseguiu apresentar a candidatura à edição de 2022, depois dos legisladores excluírem essa hipótese.[4]

O Governo de Roterdão vai realizar um estudo para avaliar se a cidade se deve candidatar aos JOJ de 2023. André Bolhuis, Presidente do Comité Olímpico Nacional Holandês, admite que o organismo veria com bons olhos receber o evento em Roterdão. Na edição de 2018 a cidade não conseguiu tornar-se candidata.[5]

Em Fevereiro de 2016, o partido Die Linke, juntamente com o Partido Democrata Ecológico (ODP) da Alemanha enviaram uma carta ao presidente da Câmara Municipal de Munique, Dieter Reiter, para investigar uma possível candidatura aos JOJ.[6]

[7]

Candidaturas canceladas[editar | editar código-fonte]

Em Abril de 2016 a Fundação Olímpica da Cidade de Monterrey anunciou que aquela cidade mexicana não se vai candidatar aos JOJ de 2023 como tinha originalmente planeado. Tentou candidatar-se às edições de 2014 e 2018, mas em ambas as ocasiões o Comité Olímpico Mexicano escolheu apresentar Guadalajara como candidata.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Olympic Agenda 2020» (PDF) (em inglês). Comité Olímpico Internacional (COI). 18 de Novembro de 2014. Consultado em 02 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 02 de Agosto de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata= (ajuda)
  2. Malunga, Bongani (02 de Outubro de 2014). «Botswana braced to host more continental competitions» (em inglês). Botswana Gazette. Arquivado do original em 31 de Dezembro de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Butler, Nick (11 de Outubro de 2015). «Africa could launch joint-bid for Summer Youth Olympics, claims Palenfo» (em inglês). Inside the Games. Consultado em 02 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 04 de Março de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata= (ajuda)
  4. Kin-Wa, Chan (27 de Junho de 2015). «Youth Olympics perfect for Hong Kong, says former federation official Pang Chung» (em inglês). Consultado em 02 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 12 de Julho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Rotterdam To Study 2023 Youth Olympic Games Bid» (em inglês). GamesBids. 16 de Janeiro de 2016. Consultado em 02 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 13 de Abril de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. «Interest Growing To Host 2023 Youth Olympic Games in Munich» (em inglês). GamesBids. 18 de Fevereiro de 2016. Consultado em 02 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 13 de Abril de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. В Казани могут пройти юношеские Олимпийские игры 2023 - Новости Казани и Татарстана
  8. «Monterrey, Mexico Abandons 2023 Youth Olympic Games Bid» (em inglês). GamesBids. 07 de Abril de 2016. Consultado em 02 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 23 de Julho de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Argentina Buenos Aires
Cidade sede dos
Jogos Olímpicos de Verão da Juventude

2023
Sucedido por
Flag of None.svg A ser anunciada