Jogos Parapan-Americanos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jogos Parapan-Americanos
Logo oficial do Comitê Paralímpico Internacional
Edições

Os Jogos Parapan-Americanos (também conhecidos coloquialmente como Parapan)[1] são um evento multidesportivo internacional, para atletas que possuem alguma deficiência, que disputem por algum país do continente americano e que seja filiado ao Comitê Paralímpico das Américas, a entidade responsável pela execução dos jogos.[2][3]

A primeira edição dos Jogos ocorreu na Cidade do México, em 1999, com a Argentina recebendo a edição seguinte, em 2003. A partir da edição de 2007, no Rio de Janeiro, os jogos passaram a ocorrer na mesma cidade que sedia os Jogos Pan-Americanos, sendo realizada cerca de duas semanas após o encerramento do Pan.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Cerimônia de encerramento dos Jogos Parapan-Americanos Rio 2007, no Rio de Janeiro. À esquerda, o mascote da competição

Em 1967, realizou-se em Winnipeg, Canadá, os Jogos Pan-Americanos para Paraplégicos, evento que reuniu seis países, que competiram em esportes disputados sobre cadeiras de rodas. A realização desses jogos passou a ocorrer a cada 2 ou 4 anos até 1995, tendo sido realizadas nove edições no total.[2][3]

A Argentina recebeu em 1995 os Jogos Pan-Americanos, em Mar del Plata, naquele mesmo ano, três eventos distintos, com foco em para-atletas, foram realizados em território platino, foram os Jogos Pan-americanos de Cadeira de Rodas, que se realizaram no mês de setembro, em Buenos Aires, os Jogos Pan-americanos para Cegos, que ocorreu em novembro, também em Buenos Aires; e os Jogos Pan-americanos dos Deficientes , que teve como sede Mar del Plata, organizado no mês de dezembro.[4]

Parapan[editar | editar código-fonte]

Os eventos sediados na Argentina, em 1995, foram os últimos a ocorrer de forma separada, a partir de então, ficou decidido que um único evento deveria ocorrer para prestigiar os para-atletas do continente americano, dessa forma, a Cidade do México ficou incubida de organizar a primeira edição do Parapan. A primeira edição dos Jogos Parapan-Americanos contaram com a participação de 1.200 atletas de 20 países, que competiram em 4 esportes: atletismo, natação, basquete e tênis de mesa.[2][5]

A edição de 2003 deveria ter ocorrido em Santo Domingo, que sediara os Jogos Pan-Americanos daquele ano, contudo a cidade desistiu de receber os Jogos, que ficou a cargo da cidade de Mar del Plata, Argentina.[4]

Os Jogos Parapan-Americanos de 2007 foram realizados pela primeira vez na mesma cidade dos Jogos Pan-Americanos, o Rio de Janeiro. O evento ocorreu entre 12 e 19, contou com a participação de 1300 atletas e 25 países representados.[4]

Em 2011, o Parapan retorna ao México, dessa vez à cidade de Guadalajara, que sedia o evento entre e conta com a participação de 1355 atletas, representando 24 países.[6]

A edição de 2015 ocorreu em Toronto, marcando a primeira vez que o país sediava a edição formal dos Jogos. Essa edição contou com a participação de 1560 atletas e um total de 28 países participantes.[1]

Lima, capital do Peru, foi a cidade sede para os jogos de 2019, junto com os Jogos Pan-Americanos que ocorreram um pouco antes, essa foi a primeira vez que o país recebeu o conjunto de competições continentais. [7]

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Mascote de Toronto 2015.

Tocha[editar | editar código-fonte]

A tocha Parapan-americana é um dos principais símbolos dos jogos, ela incorpora o espírito de festa[8] e é acesa dias antes da abertura dos Jogos, desfilando por algumas localidades e/ou pontos turísticos do país e da cidade que sediará os jogos. Após percorrer diversos pontos, ela entra no estádio no dia da inauguração dos jogos e acende a Pira Parapan-Americana, que permanece acesa durante todo o decorrer da competição, sendo apagada ao final da mesma, durante a cerimônia de encerramento dos jogos.[9]

A primeira vez que a chama Parapan-Americana foi acesa, foi na edição do Rio de Janeiro, em 2007, um dia antes da abertura dos jogos,[9] desde então, toda nova edição contou com revezamento da tocha Parapan-americana.[5][10][11]

Mascotes[editar | editar código-fonte]

Os mascotes são um dos símbolos dos Jogos, servem para promover e atrair espectadores, desde o Rio de Janeiro, 2007, quando o mascote foi o Sol, conhecido como cauê,[12] o mascote é o mesmo que o dos Jogos Pan-Americanos.[13][14]

Países participantes[editar | editar código-fonte]

Participam ou já participaram dos Jogos um total de 34 nações ou territórios do continente americano:[15]

Edições[editar | editar código-fonte]

Ano Evento Sede Período Nações Esportes Eventos Maior medalhista
1999 I Jogos Parapan-Americanos Cidade do México  México 411 de novembro 18 4 378 México México
2003 II Jogos Parapan-Americanos Mar del Plata  Argentina 310 de dezembro 28 9 303
2007 III Jogos Parapan-Americanos Rio de Janeiro  Brasil 1219 de agosto 25 10 257 Brasil Brasil
2011 IV Jogos Parapan-Americanos Guadalajara  México 1220 de novembro 24 13 277
2015 V Jogos Parapan-Americanos Toronto  Canadá 715 de agosto 28 15 317
2019 VI Jogos Parapan-Americanos Lima  Peru 23 de agosto1 de setembro 30 17 369
2023 VII Jogos Parapan-Americanos Santiago do Chile  Chile 1725 de novembro A definir A definir A definir A definir

Modalidades[editar | editar código-fonte]

Desporto (Disciplina) FD 99 03 07 11 15 19
 
Paratletismo Athletics - Paralympic pictogram.svg IPC
Badminton Wheelchair badminton pictogram (Paralympics).svg BWF
Bocha Boccia pictogram (Paralympics).svg BISFed
Basquetebol Wheelchair basketball pictogram (Paralympics).svg IWBF
 
Para-Ciclismo de estrada Cycling (track) pictogram (Paralympics).svg UCI
Para-Ciclismo de pista Cycling (road) pictogram (Paralympics).svg
 
Esgrima em Cadeira de Rodas Wheelchair fencing - Paralympic pictogram.svg IWAS
Futebol de 5 Football 5-a-side pictogram (Paralympics).svg IBSA
Futebol de 7 Football 7-a-side pictogram (Paralympics).svg IFCPF
Goalball Goalball pictogram (Paralympics).svg IBSA
Hipismo Equestrian pictogram.svg FEI
Judô Judo pictogram.svg IBSA
Powerlifiting Powerlifting pictogram (Paralympics).svg IPC
Para-Natação Swimming - Paralympic pictogram.svg IPC
Rugby em cadeira de rodas Wheelchair rugby pictogram (Paralympics).svg IWRF
Para-Tênis de mesa Table tennis pictogram.svg ITTF
Para-Taekwondo Taekwondo pictogram.svg WTF
Tênis em cadeira de rodas Wheelchair tennis pictogram (Paralympics).svg ITF
Para-Tiro Shooting pictogram (Paralympics).svg IPC
Tiro com arco Archery - Paralympic pictogram.svg WAf
Voleibol sentado Volleyball - Paralympic pictogram.svg WOVD
 
Total de modalidades 4 9 10 14 16 18

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

Segue abaixo, o total de medalhas distribuído por país, ao longo das 6 edições do Jogos Parapan-Americanos (até Lima 2019).

Quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos
Pos País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Brasil Brasil 585 424 358 1367
2 México México 402 376 302 1080
3 Estados Unidos Estados Unidos 220 239 204 663
4 Argentina Argentina 181 200 216 597
5 Canadá Canadá 146 153 137 436
6 Cuba Cuba 107 81 59 247
7 Colômbia Colômbia 98 113 115 326
8 Venezuela Venezuela 70 78 112 260
9 Chile Chile 21 22 30 73
10 Uruguai Uruguai 17 14 11 42
11 Peru Peru 13 10 14 37
12 Porto Rico Porto Rico 9 6 8 23
13 Equador Equador 8 7 12 27
14 Jamaica Jamaica 7 12 6 25
15 Costa Rica Costa Rica 5 6 8 19
16 Trinidad e Tobago Trinidad e Tobago 4 1 3 8
17 Bermudas Bermudas 3 1 0 4
18 El Salvador El Salvador 2 1 1 4
19 Guatemala Guatemala 1 0 0 1
20 República Dominicana República Dominicana 0 4 4 8
21 Panamá Panamá 0 2 1 3
22 Bolívia Bolívia 0 1 1 2
23 Nicarágua Nicarágua 0 0 4 4
24 Paraguai Paraguai 0 0 1 1
Total 1899 1751 1607 5257

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Agência Brasil (7 de agosto de 2015). «Parapan de Toronto Começa hoje com 272 Atletas Brasileiros». Tribuna do Norte. Consultado em 19 de agosto de 2019 
  2. a b c Monica Rentroia. «Og de Souza na abertura dos Jogos Parapan-americanos Rio 2007». São Paulo: Jornal Jovem 
  3. a b «AO VIVO: Jogos Pan-Americanos Lima 2019». Olimpíada Todo Dia. Consultado em 19 de agosto de 2019 
  4. a b c d «Depois do Pan, fique de olho no Parapan». UOL. Consultado em 11 de agosto de 2019 
  5. a b «Chama dos Jogos Parapan-Americanos Foi Acesa Nessa Sexta». Confederação Brasileira de Tênis de Mesa. 12 de novembro de 2011. Consultado em 20 de agosto de 2019 
  6. Parapan American Games Arquivado em 17 de junho de 2011, no Wayback Machine., official website of the IV Parapan American Games (www.parapan.guadalajara2011.org.mx); Visita em 14 de Novembro de 2011.
  7. Marcelo Brandão (24 de julho de 2019). «Jogos Pan-Americanos de Lima têm recorde de atletas». Brasília: Agência Brasil. Consultado em 19 de agosto de 2019 
  8. «Parapan 2019: tocha é acesa a três dias do início do torneio». Olimíada Todo Dia. 20 de agosto de 2019. Consultado em 25 de agosto de 2019 
  9. a b «Parapan começa com revezamento inédito da tocha». Jornal de Brasília. 11 de agosto de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2019 
  10. Agência EFE (16 de março de 2015). «Comitê Organizador de Toronto 2015 revela design da tocha pan-americana». Jovem Pan. Consultado em 20 de agosto de 2019 
  11. Gazeta Press (27 de julho de 2015). «Em clima de festa, Toronto se despede do Pan-Americano e passa a tocha para Lima». Super Esportes. Consultado em 20 de agosto de 2019 
  12. Globo.com. «Mascote Rio 2007». Consultado em 20 de agosto de 2019 
  13. Globo.com. «Atarefado, mascote do Pan ganha as ruas de Toronto e encanta fãs na web». Consultado em 20 de agosto de 2019 
  14. Quadro de Medalhas. «Mascotes dos Jogos Pan-Americanos». Consultado em 20 de agosto de 2019 
  15. «IPC América». IPC. Consultado em 24 de agosto de 2019