Johan et Pirlouit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Johan e Peewit)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Johan et Pirlout
Colecção
Charleroi - station Janson - Johan et Pirlouit - 01.jpg
País de origem  Bélgica
Língua de origem francês
Editora(s) Dupuis[1]
Le Lombard[1]
Número de álbuns 19[1]
Género aventura
espada e feitiçaria
Autor(es) Peyo
Desenho Alain Maury (1994-2001)
Personagens principais Johan
Peewit
Título(s) em português Johan e Peewit
Adaptação Filme:
"La Flûte à six schtroumpfs" (1976)
Desenho Animado:
"The Smurfs" (1981)
"Johan and Peewit" (1982)

Johan e Peewit (título original em francês, Johan et Pirlouit) é uma série de história em quadrinhos franco-belga criada pelo belga Pierre Culliford, também conhecido por Peyo. A primeira história em quadrinho da série, com o nome de Le Châtiment de Basenhau, foi publicado pela primeira vez em 11 de setembro de 1952 no Jornal Spirou.[2]

A história localiza-se na era medieval e seu enredo emprega elementos de aventura e de espada e feitiçaria. Os protagonistas são Johan, um cavaleiro corajoso e valente, e Peewit, o escudeiro de Johan e músico desafinado, que combatem as injustiças.[3]

Na história em quadrinho La Flûte à six trous, aparecem pela primeira vez os personagens Smurfs, no qual faz papel de coadjuvantes, ajudando os protagonistas a recriarem uma flauta que possui como poder mágico fazer as pessoas dançarem.[4] A aprovação dos leitores das novas personagens fez de que as novas personagens continuassem a aparecer em uma série própria denominada Les Schtroumpfs.[3] O grande sucesso que adquiriu "Os Schtroumpfs", entretanto, fez que "Johan e Peewit" fosse cada vez menos dedicada e que os protagonistas fossem dando lugar às novas criaturas.[5]

Obras derivadas[editar | editar código-fonte]

Histórias em quadrinhos[editar | editar código-fonte]

  • 1959: Les Schtroumpfs, uma série de quadrinhos que Peyo criou como resultado da mania causada pelo aparecimento desses duendes azuis no álbum La Flûte à six schtroumpfs.
  • 1968 : Magicae Formulae, um comercial para o sabão em pó OMO no formato de uma página de quadrinhos que caracteriza Pirlouit, publicada na revista Tintin em 14 de maio de 1968.[6]

Filme de animação[editar | editar código-fonte]

  • 1976: La Flûte à six schtroumpfs, adaptação pelos estúdios Belvision do nono álbum da série, que corresponde à primeira aparição dos Schtroumpfs.

adaptação

Séries de animação[editar | editar código-fonte]

Desenho animado com 427 episódios de 26 minutos, produzidos pelo Hanna-Barbera Productions.

  • 1982: Johan e Pirlouit

Nos Estados Unidos, os episódios foram ao ar durante as temporadas 2 e 3 de Smurfs, sem alteração de título. Na França, a série foi apresentada como uma série independente. Há um total de 16 episódios exibidos sob o título Johan and Pirlouit, também produzido pela Hanna-Barbera Productions.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Johan et Pirlouit» (em francês). Bedetheque. Consultado em 20 de outubro de 2018 
  2. «Johan et Pirlouit dans le journal de Spirou» (em francês). BDoubliées. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  3. a b «Paris expõe 1ª grande retrospectiva sobre criador dos 'Smurfs'». EFE. G1. 15 de julho de 2011. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  4. Lucca, Guss de (3 de agosto de 2011). «Os Smurfs: de coadjuvantes em HQ ao sucesso na TV». Último Segundo. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  5. Jiménes, Jesús (30 de julho de 2013). «Vuelven Johan y Pirluit, los descubridores de Los Pitufos» (em espanhol). RTVE. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  6. «Années 50....Johan, Pirlouit et les Schtroumpfs». Centerblog (em francês). 1 de maio de 2016. Consultado em 2 de novembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.