John Ashbery

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Ashbery
John Ashbery no Festival de Livros de Brooklyn em 2010.
Data de nascimento 28 de julho de 1927 (88 anos)
Local de nascimento Rochester (Nova Iorque),  Estados Unidos
Género(s) Poesia
Magnum opus Auto-retrato num espelho convexo e outros poemas
Prémios National Book Critics Circle Award (1975)

National Book Award (1976)
Prémio Pulitzer de Poesia (1976)
Prémio Bollingen (1985)
Prémio Antonio Feltrinelli (1992)
Medalha Nacional de Humanidades (2011)

John Ashbery (Rochester (Nova Iorque), 28 de julho de 1927) é um poeta estadunidense, considerado o principal representante da poesia da chamada "Escola de Nova Iorque", escola estética predominatemente dos anos 1950 e 1960. Sua poesia corresponde ao que Ezra Pound chamou de logopéia, uma poesia que joga com as idéias, antes de nada. Seus poemas são, normalmente, longos[1] . A dificuldade de compeender seus poemas pela maior parte do público em seu país não impediu que o poeta já tenha sido o mais vendido autor de poesia nos Estados Unidos[2] e que ele tenha ganho prêmios importantes como o Pulitzer.

Obras[editar | editar código-fonte]

Poesia[editar | editar código-fonte]

Colecções[editar | editar código-fonte]

  • Turandot and other poems (1953)
  • Some Trees (1956), vencedor do Yale Younger Poets Prize
  • The Tennis Court Oath (1962)
  • Rivers and Mountains (1966)
  • The Double Dream of Spring (1970)
  • Three Poems (1972)
  • The Vermont Notebook (1975), poemas em prosa ilustrados
  • Auto-retrato num espelho convexo e outros poemas - no original Self-portrait in a Convex Mirror (1975), agraciado com o Prémio Pulitzer de Poesia, o National Book Award[3] e do National Book Critics Circle Award
  • Houseboat Days (1977)
  • As We Know (1979)
  • Shadow Train (1981)
  • Uma onda e outros poemas - no original A Wave (1984), agraciado com Lenore Marshall Poetry Prize e o Prémio Bollingen
  • April Galleons (1987)
  • Flow Chart (1991), poema do tamanho de um livro
  • Hotel Lautréamont (1992)
  • And the Stars Were Shining (1994)
  • Can You Hear, Bird? (1995)
  • Wakefulness (1998)
  • Girls on the Run (1999), um poema do tamanho de um livro inspirado pelo trabalho de Henry Darger
  • Your Name Here (2000)
  • As Umbrellas Follow Rain (2001)
  • Chinese Whispers (2002)
  • Where Shall I Wander (2005) (finalista do Prémio National Book)[4]
  • Notes from the Air: Selected Later Poems (2007) (venmcedor do Griffin Poetry Prize Internacional de 2008)
  • A Worldly Country (2007)
  • Planisphere (2009)
  • Collected Poems 1956-87 (Carcanet Press) (2010), ed. Mark Ford
  • Quick Question (2012)
  • Breezeway (2015)
  • No i wiesz (1993) (traduzido para polaco por Bohdan Zadura, Andrzej Sosnowski e Piotr Sommer)

Poemas[editar | editar código-fonte]

Título Ano Primeira publicação Reimpresso/collecção em
East February 2014 Ashbery, John (March 24, 2014). «East February». The New Yorker [S.l.: s.n.] 90 (5): 78. Consultado em 2015-02-26. 

Prosa e traduções[editar | editar código-fonte]

  • Mayoux, Jean-Jacques (1960). Melville [S.l.: s.n.] 
  • The Ice Storm (1987), panfleto de 32 páginas
  • Reported Sightings: Art Chronicles, 1957-1987 (1989) (Alfred A. Knopf), ed. David Bergman, Art Criticism and Commentary
  • The Mooring of Starting Out: The First Five Books of Poetry (Ecco) Colecção de trabalhos do poeta de 1956 a 1972; um livro notável do ano do New York Times (1998)
  • Other Traditions, 6 ensaios longos sobre 6 outros poetas (2000)[1]
  • 100 Multiple-Choice Questions (2000) (reimpressão do panfleto experimental de 1970)
  • Selected Prose 1953-2003 (2005)
  • Martory, Pierre The Landscapist Ashbery (Tr.) Carcanet Press (2008)
  • Rimbaud, Arthur Illuminations Ashbery (Tr.) W. W. Norton & Company (2011)
  • Collected French Translations: Poetry, editado por Rosanne Wasserman e Eugene Richie (2014)
  • Collected French Translations: Prose, Editado por Rosanne Wasserman e Eugene Richie (2014)

Referências

  1. Ashbery, John. Como um proyecto del que nadie habla. Tradução ao espanhol Echevarren, Roberto. mec. Montevidéo. Uruguay. 2009. ISBN: 978-9974-36-155-3]
  2. Amancio, Moacir. Um poeta criica a poesia. Germina Literatura. 2010.
  3. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas nba1976
  4. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas npr.org
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.