John Augustine Zahm

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
John Augustine Zahm
Nascimento 11 de junho de 1851
New Lexington
Morte 10 de novembro de 1921 (70 anos)
Munique
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade de Notre Dame
Ocupação explorador, padre católico, escritor, professor universitário, naturalista
Empregador Universidade de Notre Dame
Religião Catolicismo

John Augustine Zahm (New Lexington, Ohio, 14 de junho de 1851Munique, 10 de novembro de 1921) foi um sacerdote católico romano, explorador da América do Sul.

Vida[editar | editar código-fonte]

Foi o filho mais velho de Jacques Michael Zahm (Olsberg, 2 de março de 1828) e Mary Ellen Braddock (Loretto, Pensilvânia, 27 de fevereiro de 1827.

Estudou na Universidade de Notre Dame, onde foi mais tarde professor. Após o noviciado na Congregação de Santa Cruz foi ordenado sacerdote em 4 de junho de 1875. Desde seminarista publicou artigos científicos e relatos de viagens.

Membros da Expedição Científica Rondon-Roosevelt, da esquerda para a direita: Zahm, Rondon, Kermit, Cherrie, Miller, quatro brasileiros, Roosevelt e Fiala

Zahm era amigo do 26.º presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt. Foi o padre Zahm quem convenceu o presidente Roosevelt a participar do que ficou conhecido como Expedição Científica Rondon-Roosevelt na América do Sul, e que também incluiria o filho de Theodore, Kermit Roosevelt, George Cherrie e Cândido Rondon.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Evolution and Dogma. Chicago 1895.
  • Bible, Science and Faith. 1894.
  • Scientific theory and Catholic doctrine. Chicago 1896.
  • como H. J. Mozans: Up the Orinoco and down the Magdalena. New York 1910.
  • Along the Andes and down the Amazon. New York 1911.
  • como H. J. Mozans: Woman in science. New York 1913.
  • From Berlin to Bagdad and Babylon. New York, London 1922.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Mariano Artigas, Thomas F. Glick, Rafael A. Martínez: Negotiating Darwin. The Vatican confronts evolution 1877-1902. Baltimore 2006, S. 124–202.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]