John B. O'Brien

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John B. O'Brien
Outros nomes J.B. O'Brien
Jack G. O'Brien
Jack O'Brien
John D. O'Brien
John J. O’Brien[1]
John O'Brien
Ryan Sherwood
Nascimento 13 de dezembro de 1884
Roanoke, Virgínia, EUA
Nacionalidade norte-americano
Morte 15 de agosto de 1936 (51 anos)
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação Ator
Atividade 1909-1936
Cônjuge Gladys Wooley Field (1915-1920, morte dela)
 ?
IMDb: (inglês)

John B. O'Brien, também conhecido como Jack O'Brien (13 de dezembro de 1884[2] - 15 de agosto de 1936), foi um ator de cinema e cineasta estadunidense da era do cinema mudo, que atuou em 92 e dirigiu 61 filmes entre 1909 e 1936.[3][4][5]

Biografia[editar | editar código-fonte]

O'Brien nasceu em Roanoke, Virgínia em 13 de dezembro de 1884,[6] e foi educado no St. John's College, no Brooklyn, Nova Iorque. John B. O'Brien pretendia ser advogado, porém Daniel E. Frohman o convenceu a se dedicar ao teatro.[7]

Iniciou sua vida artística no teator, na Augustus Thomas Company, que percorria o país com apresentações, e participou de The Belle of New York, na Broadway. Mais tarde percorreu a Europa com Arizona e The Virginian.[7] Na área cinematográfica, iniciou como cameraman nos filmes de Broncho Billy Anderson, além de escrever e dirigir The Life of Buffalo Bill (data indeterminada), estrelado pelo legendário showman William F. Cody.[8]

Na direção cinematográfica, seu primeiro crédito foi em Life on the Circle Ranch in California (1912). Depois dirigiu vários filmes para a Majestic Motion Pictures Company, tais como Imar the Servitor (1914), A Mother's Influence (1914), The Folly of Anne (1914), com Lillian Gish, entre outros. O'Brien foi um dos assistentes de D.W. Griffith no filme The Birth of a Nation,[7] e mais tarde dirigiu Mary Pickford filmes como The Foundling (1916). Sua última direção foi o Western Jim Hood's Ghost, em 1926, pela Universal Pictures. Além de dirigir, escreveu alguns roteiros e produziu um filme, Father Tom, em 1921, pela sua própria companhia cinematográfica, a John B. O'Brien Productions, sendo essa, talvez, sua única produção.[9]

Como ator, seu primeiro filme foi The Best Man Wins, em 1909, pelo Essanay Studios, ao lado de atores como Pete Morrison e Broncho Billy Anderson. Atuou depois em His Reformation (1909) e vários outros filmes Westerns curta-metragem dirigidos e protagonizados por Anderson, através de 1909, 1910 e 1911, pela Essanay. Atuou posteriormente pela Nestor Films, em filmes como An Eye for an Eye (1913); pela Majestic Motion Pictures Company, em filmes como The Double Knot (1914), com Raoul Walsh, e pela American Film Company, em filmes como The Legend Beautiful (1915). A revista Motion Picture Mail, de 4 de novembro de 1916, anunciou que O’Brien assinara contrato com Edwin Thanhouser,[7] e fez o filme Mary Lawson's Secret em 1917. Atuou em várias comédias com Stan Laurel, tais como The Noon Whistle (1923), The Soilers (1923) e Zeb vs. Paprika (1924)

Entre seus principais filmes destacam-se Bab's Diary, em 1917, pela Famous Players Film Company, o drama Wings of Pride (1920), pela Rolfe Photoplays, e o seriado Bride 13 (1920), pela Fox Film. Seu último filme foi o seriado The Vigilantes Are Coming, em 1936, pela Republic Pictures, num pequeno papel não-creditado.

Vida pessoal e morte[editar | editar código-fonte]

Casou em 1915 com a atriz Gladys Field[10] (Gladys Woolley Field O'Brien),[11] que faleceu em 1920, ao dar a luz o filho do casal.[12][13] De acordo com Thanhouser, ao morrer em 1936, John deixou viúva, portanto, considera-se que tenha casado novamente.

O'Brien morreu em Los Angeles, Califórnia, em 15 de agosto de 1936, aos 51 anos, após uma cirurgia.[7][14]

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Cena do filme Foundling, com Mary Pickford, dirigido por O’Brien em 1916.
Cartaz do filme Queen X, dirigido por O’Brien em 1917.

Atuação[editar | editar código-fonte]

Direção[editar | editar código-fonte]

  • Life on the Circle Ranch in California (1912)
  • Imar the Servitor (1914)
  • A Mother's Influence (1914)
  • The Folly of Anne (1914)
  • Vanity (1916)
  • The Foundling (1916)
  • Queen X (1917)
  • Lonely Heart (1921)
  • Jim Hood's Ghost (1926)

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. GEVISON, Alan. Within Our Gates: Ethnicity in American Feature Films, 1911-1960, University of California Press, 1997, p. 142
  2. John B. O’Brien no Fandango relata seu nascimento em 1 de janeiro de 1885.
  3. John B. O’Brien no IMDB
  4. «John B. O'Brien». BFI. Consultado em 5 de dezembro de 2014 
  5. «John B. O'Brien». frenchfilmsite.com. Consultado em 5 de dezembro de 2014 
  6. O site Thanhouser refere ter nascido em Richmond, em 1885.
  7. a b c d e John O’Brien na Thanhouser
  8. John B. O’Brien no Fandango
  9. John B. O’Brien no IMDB
  10. Gladys Field no IMDB
  11. Gladys Wooley O’Brien no Find a Grave
  12. EssanayStudios
  13. New York Times, 5 de setembro de 1920
  14. The News-Herald, 18 de agosto de 1936, p. 5
  15. The Soilers no LordHeath
  16. The Noon Whistle no LordHeath

Ligações externas[editar | editar código-fonte]