John Dryden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
John Dryden
Nascimento 19 de agosto de 1631
Aldwinkle, Northamptonshire
Morte 12 de maio de 1700 (68 anos)
Nacionalidade Inglaterra Inglês
Ocupação Poeta

John Dryden (Aldwinkle, Northamptonshire, 19 de agosto de 163112 de maio de 1700) foi um poeta, crítico literário e dramaturgo inglês que dominou a vida literária na Inglaterra durante a Restauração.[1]

Dryden nasceu na aldeia de Aldwincle, próximo Oundle em Northamptonshire. Era o mais velho dos catorze filhos nascidos de Erasmus Dryden e Mary Pickering,[2] neto paterno de Sir Erasmus Dryden.

Em 1650 Dryden passou para o Trinity College, Cambridge onde ele teria experimentado um retorno ao ethos religioso e político da sua infância.[3] Chegando em Londres durante o protectorado, Dryden obteve trabalho com o secretário de Estado de Cromwell, John Thurloe.[2] Pouco tempo depois ele publicou seu primeiro poema importante, Heroique Stanzas (1658), uma elegia sobre a morte de Cromwell, que é cauteloso e prudente na sua exibição emocional. Em 1660 Dryden comemorou a Restauração da monarquia e do regresso de Carlos II com Astraea Redux, uma autêntico panegirico monárquico . Neste trabalho o interregno é ilustrado como um período de anarquia, e Carlos é visto como o restaurador da paz e da ordem.

Dryden morreu em 1700 e se encontra enterrado na Abadia de Westminster.[4] Sua poesia, patriótica, religiosa e satírico-política, popularizou um tipo de verso endecassílabo que será o preferido do século XVIII, pois foi tomada como modelo por poetas como Alexander Pope e Samuel Johnson.

Referências

  1. The Mirror of Literature, Amusement, and Instruction. [S.l.]: J. Limbird. 1839. p. 25 
  2. a b John Dryden (5 de março de 2013). Selected Poems. [S.l.]: Courier Corporation. pp. 7–8. ISBN 978-0-486-15392-6 
  3. Samuel Greatheed; Daniel Parken; Theophilus Williams; Josiah Conder, Thomas Price, Jonathan Edwards Ryland, Edwin Paxton Hood (1842). The Eclectic Review. [S.l.: s.n.] p. 47 
  4. George Lewis SMYTH (1843). Biographical Illustrations of Westminster Abbey. [S.l.: s.n.] p. 78 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: John Dryden
Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com John Dryden
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.