John Hammond

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
John Hammond
Ficheiro:John Hammond.png
Nascimento 12 de Julho de 1923
Morte 26 de Junho de 1997
Origem Escócia Escócia
Amigo(s) Alan Grant e Ian Malcolm
Filme(s) Jurassic Park e Jurassic Park 2: O Mundo Perdido
Interpretado por Richard Attenborough

John Hammond é um personagem fictício da franquia Jurassic Park. Ele foi o dono e fundador da InGen, uma empresa de bio-engenharia estadunidense. Durante o primeiro filme da saga, Hammond organiza um parque em uma reserva biológica localizada no litoral da Costa Rica. Foi retirado da direção de sua empresa em The Lost World: Jurassic Park.

Livros[editar | editar código-fonte]

Parque dos Dinossauros[editar | editar código-fonte]

No livro, Hammond é descrito como um capitalista ambicioso que faz de tudo para conseguir a aprovação de seu parque pelos paleontólogos Alan Grant e Ellie Satler. Ele é dono de uma empresa chamada InGen e no final do livro é morto por compsognatos.

Filmes[editar | editar código-fonte]

Jurassic Park[editar | editar código-fonte]

No filme, Hammond é o dono de um parque que sofre ameaças de advogados que temem a segurança do parque. Por isso ele contrata os paleontólogos Alan Grant e Ellie Satler para ir ao parque e aprovar sua segurança, para que o parque vá a ativa. Tudo dá errado no parque e o representante dos advogados Donald Gennaro é morto. No fim todos conseguem escapar em um helicóptero.

O Mundo Perdido: Jurassic Park[editar | editar código-fonte]

Quatro anos após os acontecimentos de Jurassic Park, Hammond deixa de ser capitalista para naturalista. Ele deixa de ser diretor da InGen por um incidente com uma família britânica. Ele contrata uma equipe para ir até a ilha e dizer a equipe da InGen para deixar os dinossauros em paz. Logo após os acontecimentos desse filme ele morre.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.