John Lindley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


John Lindley
Botânica
Nacionalidade Inglaterra Inglês
Nascimento 8 de fevereiro de 1799
Local Catton, Norfolk
Morte 1 de novembro de 1865 (66 anos)
Atividade
Campo(s) Botânica
Prêmio(s) Medalha Real (1857)

John Lindley (Catton, Norfolk, 8 de fevereiro de 1799 — Turnham Green, Chiswick, 1º de novembro de 1865) foi um botânico inglês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O seu pai, que publicou um manual de jardinagem, A Guide to the Orchard and Kitchen Garden, era proprietário de um viveiro de plantas.

Estudou em Norwich e traduziu, em 1819, a Analyse du fruit do botânico francês Louis Claude Marie Richard (1754-1821). No ano seguinte publica a Monographia Rosarum onde descreve novas espécies que ele próprio ilustra. Em 1821, publica na Linnean Society de Londres a Monographia Digitalium e Observations on Pomaceae.

Pouco mais tarde estabelece-se em Londres onde trabalha como empregado para John Claudius Loudon (1783-1843) para redactar as partes descritivas da Encyclopaedia of Plants. Durante este trabalho, que publica em 1829, convence-se da superioridade do sistema "natural" de Antoine Laurent de Jussieu (1748-1836) em relação ao sistema "artificial" empregue por Carl von Linné (1707-1778).

Lindley publica duas obras de acordo com o sistema de Jussieu: A Synopsis of British Flora, arranged according to the Natural Order (1829) e An Introduction to the Natural System of Botany (1830).

Em 1829, Lindley obtém a cátedra de botânica no University College London, posto que conservaria até 1860. Em 1822 é nomeado secretário da Horticulture Society. Em 1857, Lindley é agraciado com a Medalha Real.

A partir de 1831, leciona na Royal Institution e. a partir de 1836. no Chelsea Physic Garden.

Lindley é autor de numerosas obras e artigos, tanto científicos como vulgarizadores. Contribuiu frequentemente para o Botanical Register. Participou na fundação da revista Gardener's Chronicle, tendo sido o seu primeiro editor e ocupando-se também da secção dedicada à horticultura.

Obras[editar | editar código-fonte]

Entre as suas obras, citam-se :

  • An Outline of the First Principles of Horticulture (1832).
  • An Outline of the Structure and Physiology of Plants (1832).
  • Nixus Plantarum (1833).
  • A Natural System of Botany (1836).
  • Com William Hutton (1797-1860) The Fossil Flora of Great Britain, or Figures and Descriptions of the Vegetable remains found in a Fossil State in the Country (1831-1837).
  • Flora Medica (1838).
  • Theory of Horticulture (1840).
  • The Vegetable Kingdom (1846).
  • Folia Orchidacea (1852).
  • Descriptive Botany (1858).


Precedido por
John Richardson e William Thomson
Medalha Real
1857
com Edward Frankland
Sucedido por
Albany Hancock e William Lassell



Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons