John Lindley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


John Lindley
Nascimento 5 de fevereiro de 1799
Morte 1 de novembro de 1865 (66 anos)
Turnham Green
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Filho(s) Sarah Lindley Crease
Ocupação botânico, pteridólogo, briólogo, professor universitário, escritor, micologista, editor, ilustrador científico
Prêmios membro da Royal Society, Medalha Real, Membro da Sociedade Lineana, Membro da Academia Americana de Artes e Ciências
Empregador University College London

John Lindley (Catton, Norfolk, 8 de fevereiro de 1799 — Turnham Green, Chiswick, 1 de novembro de 1865) foi um botânico inglês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O seu pai, que publicou um manual de jardinagem, A Guide to the Orchard and Kitchen Garden, era proprietário de um viveiro de plantas.

Estudou em Norwich e traduziu, em 1819, a Analyse du fruit do botânico francês Louis Claude Marie Richard (1754-1821). No ano seguinte publica a Monographia Rosarum onde descreve novas espécies que ele próprio ilustra. Em 1821, publica na Linnean Society de Londres a Monographia Digitalium e Observations on Pomaceae.

Pouco mais tarde estabelece-se em Londres onde trabalha como empregado para John Claudius Loudon (1783-1843) para redactar as partes descritivas da Encyclopaedia of Plants. Durante este trabalho, que publica em 1829, convence-se da superioridade do sistema "natural" de Antoine Laurent de Jussieu (1748-1836) em relação ao sistema "artificial" empregue por Carl von Linné (1707-1778).

Lindley publica duas obras de acordo com o sistema de Jussieu: A Synopsis of British Flora, arranged according to the Natural Order (1829) e An Introduction to the Natural System of Botany (1830).

Em 1829 Lindley obteve a cátedra de botânica no University College London, posto que ocupou até 1860. Em 1822 foi nomeado secretário da Horticulture Society. Em 1857 foi agraciado com a Medalha Real.

A partir de 1831 lecionou na Royal Institution e a partir de 1836 no Chelsea Physic Garden.

Lindley é autor de numerosas obras e artigos, tanto científicos como vulgarizadores. Contribuiu frequentemente para o Botanical Register. Participou na fundação da revista Gardener's Chronicle, tendo sido o seu primeiro editor e ocupando-se também da secção dedicada à horticultura.

Obras[editar | editar código-fonte]

Entre as suas obras, citam-se :

  • An Outline of the First Principles of Horticulture (1832).
  • An Outline of the Structure and Physiology of Plants (1832).
  • Nixus Plantarum (1833).
  • A Natural System of Botany (1836).
  • Com William Hutton (1797-1860) The Fossil Flora of Great Britain, or Figures and Descriptions of the Vegetable remains found in a Fossil State in the Country (1831-1837).
  • Flora Medica (1838).
  • Theory of Horticulture (1840).
  • The Vegetable Kingdom (1846).
  • Folia Orchidacea (1852).
  • Descriptive Botany (1858).


Precedido por
John Richardson e William Thomson
Medalha Real
1857
com Edward Frankland
Sucedido por
Albany Hancock e William Lassell


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons