John N. Gray

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

John N. Gray (17 de Abril de 1948, em South Shields) é um escritor e filósofo britânico.

Ensinou Filosofia na Universidade de Oxford atualmente ensina Pensamento Europeu na London School of Economics. Escreve também regularmente para o The Guardian, o New Statesman ou o The Times Literary Supplement.

Esteve associado à Nova Direita, que em Inglaterra influenciou decisivamente a ascensão ao poder de Margaret Thatcher.

Possui diversas obras, e dos vários livros influentes que escreveu sobre teoria política, destaca-se Humanos e outros Animais (2003); outros dos seus livros que merecem destaque O Falso Amanhecer; Al-Qaeda e o Que Significa Ser Moderno; Cachorros de Palha; Missa Negra: Religião Apocalíptica e o Fim das Utopias (2008), entre outras.

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.