John Sack

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
John Sack
Nascimento 24 de março de 1930
Nova Iorque, Estados Unidos
Morte 27 de março de 2004 (74 anos)
São Francisco, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americano
Ocupação Jornalista

John Sack (Nova Iorque, 24 de março de 1930São Francisco, 27 de março de 2004) foi um jornalista literário americano, o único correspondente de guerra a cobrir todas os conflitos envolvendo os Estados Unidos entre 1950 e 2003.[1]

Morreu em 2004 vítima de um câncer de próstata, aos 74 anos.[2]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 1959: Report from Practically Nowhere
  • 1971: Lieutenant Calley: his own story; [as told to] John Sack. New York: Viking Press
  • 1971: Body count: Lieutenant Calley's story; as told to John Sack. London: Hutchinson, 1971
  • 1982: Fingerprint. New York: Random House
  • 1986: Vietname - A Chacina de Mylai - no original M Vietnam only the strong and lucky survive Corgi Children's
  • 1993: An Eye for an Eye: The Untold Story of Jewish Revenge Against Germans in 1945. New York, NY: BasicBooks (sobre Lola Potok Ackerfeld Blatt)
  • 1995: Company C: the real war in Iraq. New York: William Morrow;

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.