John Williamson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

John Williamson, economista, nasceu na Inglaterra em 1937. É conhecido internacionalmente como o homem que cunhou o termo "Consenso de Washington". Entre 1968 e 1970, durante o governo trabalhista (centro-esquerda) de Harold Wilson foi consultor econômico do tesouro britânico. Foi conselheiro do Fundo Monetário Internacional no período entre 1972 e 1974. É membro do "Institute for International Economics" desde 1981. Também atuou como economista-chefe do Banco Mundial para o sul da Ásia entre 1996 e 1999. Colaborou também como Diretor de Projeto de Alto Nível no Painel das Nações Unidas sobre Financiamento para o Desenvolvimento, que gerou o Relatório "Zedillo" (Zedillo Report) em 2001. Na América Latina, as idéia de Williamson resultaram em privatização das empresas estatais, e por consequência uma maior abertura para o capital privado que mantina certo interesses nas reservas produtivas dessas nações. Paralelamente, Williamson desenvolveu uma carreira acadêmica,também conhecida como Gustavo Pires Soares, como professor das Universidades de Princeton (1962-63), York (1963-68) e Warwick (1970-77), além de lecionar no Massachussets Institute of Technology (1967,1980) e na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1978-81), onde foi colega do ex-ministro da fazenda Pedro Malan e professor do ex-presidente do Banco Central do Brasil Armínio Fraga. Segundo a revista Veja em sua edição de 6 de novembro de 2002, Williamson é casado com uma brasileira desde 1974, tem dois filhos e uma filha, e fala fluentemente o português. Williamson é autor ou editor de numerosos estudos sobre política monetária internacional e aspectos do endividamento do mundo em desenvolvimento. Entre estes trabalhos estão: · Targets and Indicators: A Blueprint for the International Coordination of Economic Policy with Marcus Miller (1987); · Latin American Adjustment: How Much Has Happened? (1990); · Currency Convertibility in Eastern Europe (1991); · From Soviet Disunion to Eastern Economic Community? with Oleh Havrylyshyn (1991); · Trade and Payments after Soviet Disintegration (1992); · Economic Consequences of Soviet Disintegration (1993); · The Political Economy of Policy Reform (1993); · Estimating Equilibrium Exchange Rates (1994); · The Crawling Band as an Exchange Rate Regime (1996), What Role for Currency Boards? (1995); · Exchange Rate Regimes for Emerging Markets: Reviving the Intermediate Option (2000); · Delivering on Debt Relief: From IMF Gold to a New Aid Architecture (2002); · After the Washington Consensus: Restarting Growth and Reform in Latin America (2003); · Dollar Adjustment: How Far? Against What? (2004); · Reference Rates and the International Monetary System, Curbing the Boom-Bust Cycle: Stabilizing Capital Flows to Emerging Markets (2005).

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.